Fim da ligação entre Ronaldo e Jorge Mendes. Em Espanha, contam tudo o que há para saber

Futebolista e agente terminaram a sua ligação profissional ainda antes da mudança do atleta para a Arábia Saudita, onde agora veste a camisola do Al-Nassr.

A ligação entre Cristiano Ronaldo e Jorge Mendes terminou, depois de este último ter agenciado a carreira do futebolista internacional português durante vários anos, desde que jogava no Sporting e no período em que jogou por alguns dos mais reputados clubes do futebol europeu. Tal ficou evidente quando o atleta foi apresentado como reforço do Al-Nassr, no final de dezembro do ano passado, e os contornos da história foram agora revelados pelo diário espanhol “El Mundo“.

“O Bayern, o Chelsea ou terminamos.” Foi este o ultimato feito por Cristiano Ronaldo a Jorge Mendes quando, na temporada passada, procurava um novo clube, ainda que continuasse a representar os ingleses do Manchester United. Alemães e londrinos terão mostrado interesse em contar com o português nas suas fileiras mas, já na presente temporada, tudo mudou.

Segundo relatam os jornalistas Esteban Urreiztieta e Orfeo Suárez, do “El Mundo”, a ausência do craque português da pré-época dos Red Devils gerou desconforto nos dirigentes dos dois clubes, que acabariam por comunicar a Jorge Mendes que haviam perdido o interessa na contratação de Ronaldo.

Quem também ficou de pé atrás pela mesma situação foi Erik Ten Hag, à data treinador de Ronaldo no Manchester United. Aquando do regresso do atleta aos treinos do clube, o técnico neerlandês optou por deixá-lo no banco nos primeiros jogos, algo que Cristiano levou a peito. Foi neste contexto que deu a polémica entrevista ao jornalista Piers Morgan, que resultou na rescisão do contrato que ligava jogador e clube. Uma situação que “para Mendes foi uma catástrofe, Ronaldo estava novamente sem clube às portas do Mundial”.

Pelo caminho, o agente ainda contactou clubes como o Manchester City, o Atlético de Madrid e o Borussia Dortmund, mas sem sucesso, sobrando apenas a opção da Arábia Saudita. Assim sendo, terminou a ligação profissional entre Cristiano Ronaldo e Jorge Mendes, mas ‘CR7’ não ficou muito tempo sem agente.

Logo surgiu Ricardo Regufe, antigo executivo da Nike e responsável da ligação de Cristiano Ronaldo com aquela marca de roupa desportiva. A relação entre os dois é muito próxima há já vários anos, desde que o futebolista lhe pediu conselhos quando passou pelo “conflito fiscal” e, desde 2018, Regufe apresenta-se como seu personal manager.

Já no final de 2022, quando o atleta estava sem clube, foi Ricardo Regufe que esteve “ao seu lado nas negociações com o Al-Nassr”, que resultaram na mudança de Ronaldo para a Arábia Saudita, depois de ter aceitado uma proposta de contrato milionária, que faz dele o futebolista mais bem pago do mundo, com larga margem para a concorrência mais próxima.

“Jorge Mendes chegou a ser o ‘Bola de Ouro’ dos agentes, Cristiano acredita que continua no alto desse pedestal”, diz-se no mesmo artigo.

 

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Manchester City contrata advogado de Boris Johnson no ‘Partygate’. Lord Pannick cobra 450 mil euros por semana

O clube inglês está empenhado em defender-se das acusações da Premier League sobre a violação das regras do fair-play financeiro e conta com os serviços do advogado que anulou a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto em 2020, de proibir o Manchester City de participar nas provas da UEFA durante dois anos.

Plano secreto da Arábia Saudita para organizar o Mundial vale milhares de milhões de euros

O reino saudita ofereceu-se para pagar os estádios à Grécia e ao Egipto, países que estão a preparar a candidatura em conjunto com os sauditas para 2030.
Comentários