Fine Wine Traveller. Uma app que aproxima os vinhos portugueses dos jovens

Informação sobre produtores, dicas de sommeliers de renome ou propostas de experiências de enoturismo em Portugal são algumas das funcionalidades disponibilizadas pela aplicação Fine Wine Traveller . A aplicação foi criada e desenvolvida pela GisGeo Information Systems, empresa com a chancela Spin-off da Universidade do Porto.

Tornar o universo dos vinhos nacionais mais próximo de um público mais jovem é o grande objetivo da aplicação Fine Wine Traveller, que se dirige a todos os apreciadores e entusiastas de vinho, independentemente do seu grau de conhecimento sobre o tema, através de uma comunicação simples e descomplicada. Propondo-se a desconstruir a ideia de que o mundo dos vinhos é algo restrito apenas aos grandes conhecedores e que exige o domínio de uma série de regras e etiquetas, a nova app reúne um conjunto de informação útil para quem quer saber mais sobre este tema, a par de sugestões de lazer, para que as pessoas possam divertir- se e tirar partido dos conhecimentos que vão adquirindo.

Neste âmbito, os utilizadores da Fine Wine Traveller vão poder descobrir os vários produtores que se encontram espalhados pelas diferentes regiões vinícolas portuguesas, beneficiar de dicas de alguns dos mais conceituados sommeliers em Portugal, ter acesso à partilha de receitas de cocktails de vinho ou de pratos para harmonizações, e também a sugestões sobre as melhores experiências de enoturismo disponíveis no nosso país.

A aplicação permite ainda acompanhar as principais notícias e eventos que possam interessar aos amantes de vinho. “Queremos envolver as pessoas em torno do vinho português e das várias vertentes a si associadas, dando-lhes toda a informação necessária, de uma forma descontraída e acessível, para que possam conhecer e valorizar um produto que é, cada vez mais, diferenciador e estratégico para o nosso país”, explica Ana Bessa, Marketing & Communication Manager da GisGeo, a empresa de sistemas de informação que está por trás deste projeto, em comunicado.

“Ao reunir essa informação numa única plataforma e ao disponibilizar uma consulta fácil e intuitiva através desta aplicação, acreditamos que esta será uma forma de atrair novos consumidores e de ir ao encontro de um segmento mais jovem. Todos aqueles que tenham interesse por esta temática e que, eventualmente, ainda estejam a dar os primeiros passos neste universo, poderão aqui fazer as suas pesquisas, tirar dúvidas e até desmistificar alguns conceitos com a ajuda de profissionais. No fundo, a nossa vontade é que cada utilizador se possa tornar no sommelier do seu grupo de amigos”, acrescenta Ana Bessa.

Uma aplicação gratuita

A Fine Wine Traveller é uma app gratuita, com conteúdos disponíveis em português e em inglês, e que pode ser encontrada nos principais sistemas operativos (Google Play, App Store e AppGallery). Focada, neste momento, em implementar-se junto dos portugueses, a expectativa é que, em 2023, a aplicação venha a ter uma estratégia de lançamento para o mercado internacional. No que diz respeito a conteúdos, a aplicação permite já pesquisar e ter acesso à oferta de mais de 700 produtores vínicos nas diversas regiões nacionais. Em cada resultado, o utilizador tem a possibilidade de aceder à geolocalização do produtor em questão, de estabelecer um contacto direto com ele e de partilhar, com os outros utilizadores, a sua classificação face à proposta apresentada.

Já na área “Wine Lovers”, é possível encontrar conteúdos diversos para conhecer e acompanhar o mundo dos vinhos portugueses, entre os quais uma secção assinada pelo sommelier Luís Moreira, da conceituada Casa da Calçada Relais & Châteaux, em Amarante.

O projeto conta ainda com a colaboração de vários parceiros embaixadores, empresas de referência na área dos vinhos, que, de forma regular, irão apresentar, na aplicação e nas redes sociais da Fine Wine Traveller, conteúdos de destaque e ofertas especiais para os utilizadores.

A aplicação foi criada e desenvolvida pela GisGeo Information Systems, empresa com a chancela Spin-off da Universidade do Porto, fundada em 2008 e especializada no desenvolvimento de software e de sistemas de informação geográfica (SIG).

 

Recomendadas

Livro: “Afropeu. A diáspora negra na Europa”

Da Amadora a Estocolmo, o inglês Johny Pitts, oferece ao leitor uma espécie de mapa alternativo com locais do Velho Continente onde os europeus de ascendência africana se constroem novas identidades e idiossincrasias.

Cenas do novo Velocidade Furiosa filmadas em Lamego e Castro Daire na próxima semana

O novo filme da saga vai iniciar gravações no norte do país e o concelho destaca a “oportunidade única” de colocar o concelho no palco do cinema mundial.

Khaby Lame torna-se na pessoa mais seguida no TikTok

Após uma disputa renhida de meses, Khaby Lame tirou assim o lugar à pessoa mais popular no Tiktok até à data, a influencer norte-americana Charli D’Amelio, que ocupava o primeiro lugar desde 2020.
Comentários