Finlândia e Alemanha vão ficar ligadas por cabo submarino

A Alcatel-Lucent (Euronext Paris e NYSE: ALU) e o Cinia Group, anteriormente Corenet – empresa detida pelo governo finlandês -, vão implementar um sistema de cabo submarino preparado para garantir a primeira ligação direta por cabo entre a região nórdica e a Europa continental. O projeto, denominado Sea Lion, implica a implementação de um novo […]

A Alcatel-Lucent (Euronext Paris e NYSE: ALU) e o Cinia Group, anteriormente Corenet – empresa detida pelo governo finlandês -, vão implementar um sistema de cabo submarino preparado para garantir a primeira ligação direta por cabo entre a região nórdica e a Europa continental.

O projeto, denominado Sea Lion, implica a implementação de um novo sistema 100G instalado em mais de 1100 km desde Helsínquia na Finlândia à área de Rostock-Ribnitz, na Alemanha. Prevê-se que a implementação esteja concluída no início de 2016. O sistema terá um papel crítico no reforço da disponibilidade de conectividade fiável e segura a banda ultra larga para aplicações cloud e de data center. De acordo com a análise do Cinia Group, os serviços cloud deverão apresentar um crescimento anual global de aproximadamente 40%, enquanto o volume de dados de telecomunicações deverá triplicar até 2017.

Desenhado para uma capacidade máxima de 15 Terabits por segundo (Tbis/s), o Sea Lion faz parte do plano estratégico do Governo Finlandês para melhorar a capacidade de transferência de dados internacional do país.

Recomendadas

Patrões vão ter majoração em 50% dos custos com aumentos salariais no IRC

No âmbito do acordo de rendimentos, o Governo decidiu propor aos parceiros sociais uma majoração em 50% dos custos com a valorização salarial em IRC. Patrões têm reclamado, note-se, medidas mais transversais.

Governo propõe reforço do IRS Jovem. Isenção sobe para 50% no primeiro ano

Jovens vão passar a ter um desconto fiscal maior, no início da sua carreira. IRS Jovem passará a prever uma isenção de 50%, em vez de 30%, no primeiro ano.

Governo quer atualizar os escalões do IRS em 5,1% em 2023

O Governo decidiu rever em alta o referencial dos aumentos salariais, puxando-o para o valor do aumento da massa salarial da Função Pública: 5,1%. Será esse o número que será usado para atualizar os escalões do IRS.