FMI satisfeito com desempenho da economia moçambicana

O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para Moçambique, Álvaro Piris, manifestou hoje em Maputo satisfação com os progressos registados pela economia moçambicana, assinalando a importância de o país africano se manter na rota da recuperação.

“Houve um bom cumprimento das metas, segundo os compromissos entre o Fundo Monetário Internacional e o Governo, desde maio deste ano”, enfatizou Piris.

O chefe da missão do FMI para Moçambique avaliou a prestação da economia do país, durante um encontro com o ministro da Economia e Finanças do país, Max Tonela, no âmbito de uma visita de dez dias que iniciou à nação africana.

Álvaro Piris congratulou-se com o facto de as duas partes terem reatado a cooperação financeira, após um interregno que se seguiu ao escândalo das dívidas ocultas de Moçambique.

A missão do FMI em Moçambique deverá apresentar um relatório de avaliação do desempenho da economia do país africano até ao próximo dia 16.

Recomendadas

Emirados Árabes Unidos vão fornecer à Alemanha gás liquefeito e gasóleo em 2022 e 2023

Segundo a agência noticiosa oficial dos Emirados, Wam, o acordo prevê a exportação de uma carga de gás natural liquefeito (GNL) para a Alemanha no final de 2022, seguida do fornecimento de quantidades adicionais em 2023.

Angola cresce 3,5% este ano, mas abranda para 1,8% em 2023

“O forte crescimento de Angola este ano dificilmente vai prolongar-se para 2023, já que a produção petrolífera deverá regressar à tendência decrescente”, lê-se numa análise às maiores economias da África subsaariana, região que deverá ver o PIB deste ano expandir-se 3,3%, abrandando face aos 4,4% do ano passado.

China diz que EUA estão a enviar “sinais perigosos” sobre Taiwan

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês deixou claro que uma escalada das atividades independentistas torna difícil um acordo pacífico, no que diz respeito a Taiwan,
Comentários