PremiumFormação para responder aos desafios da gestão no terceiro sector

UMinhoExec e empresa F3M querem formar futuros gestores e reforçar as competências dos dirigentes atuais das Instituições Particulares de Solidariedade Social. Programa é único no país.

Já perdeu a conta às formações que fez. Só no último trimestre contabiliza meia dúzia. Mas a Executive IPSS, que a levou à Universidade do Minho nas vésperas da pandemia, é, indiscutivelmente, um marco em 22 anos de vida profissional. Que se lembre (lembrar-se-ia, com certeza) não conhece outra formação tão direcionada às Instituições Particulares de Solidariedade Social, vulgo IPSS.

Daniela Morais, 46 anos, responsável pelas áreas financeira e de recursos humanos da Associação da Creche de Braga, refere-se ao curso de forma eloquente: “Foi muito proveitoso”. A formação Executive IPSS junta a F3M, empresa de software para mercados verticais (economia social, óticas, têxtil e unidades de saúde), serviços de consultoria e formação, e a Universidade do Minho, através da sua Escola de formação de executivos UMinhoExec.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumBoris Pistorius, o novo ministro à Defesa da Alemanha

Segundo adiantam alguns especialistas, no fim da guerra na Ucrânia a Rússia continuará no mesmo lugar onde está hoje. Por maioria de razão, o mesmo acontecerá com a Alemanha.

PremiumSofar Sound chega à Madeira com concertos em lugares inesperados

No meio da natureza, na praia ou nalgum edifício icónico, são alguns exemplos de “lugares incríveis” onde estes espetáculos, que duram duas horas, podem ter lugar.

Premium“Vamos continuar a trabalhar as duas marcas em separado”

Neves e Almeida e CEGOC vão trabalhar em autonomia e com equipas de gestão próprias, mantendo a identidade de cada marca.
Comentários