Francisco Assis é hoje ouvido no parlamento sobre recandidatura à presidência do CES

PS propôs na última sexta-feira a recandidatura do seu antigo eurodeputado para presidente do Conselho Económico e Social, cuja eleição decorrerá na próxima sexta-feira no parlamento. Assis revelou que conta com o apoio do Partido Socialista e do PSD, o que lhe garatirá os votos necessários para a reeleição.

O candidato a presidente do Conselho Económico e Social (CES), o socialista Francisco Assis, tem hoje uma audição parlamentar conjunta da Comissão de Trabalho, Segurança Social e Inclusão e da Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação.

Nesta audição regimental, Francisco Assis, que é presidente do CES desde julho de 2020, vai ter oportunidade de falar dos seus projetos para o organismo, que alberga a Comissão Permanente de Concertação Social.

O PS propôs na última sexta-feira a recandidatura do seu antigo eurodeputado para presidente do Conselho Económico e Social, cuja eleição decorrerá na próxima sexta-feira no parlamento.

O presidente do CES é eleito pelos deputados da Assembleia da República, de acordo com o que está definido na Constituição da República, por voto secreto, necessitando da aprovação de dois terços dos deputados.

No sábado, na abertura do congresso da UGT, Francisco Assis afirmou que contava já com o apoio do Partido Socialista e do PSD, o que lhe garatirá os votos necessários para a reeleição.

Francisco Assis, professor universitário, ligado à ala de centro esquerda do PS, já foi presidente da Câmara de Amarante e líder parlamentar socialista em dois períodos distintos.

Recomendadas

OE2022: Aprovada proposta do PSD que altera regras para contratação de estrangeiros

O Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) suspende a “fixação do contingente global para efeitos de concessão de visto de autorização de residência para exercício de atividade profissional subordinada”.

Agendas Mobilizadoras não tinham “verbas específicas” para os Açores

O ex-ministro da Economia Siza Vieira insistiu esta terça-feira que não foram definidas “verbas específicas” para os Açores nas Agendas Mobilizadoras do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e mostrou-se surpreendido com a “celeuma” levantada pelo processo na região.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira, 24 de maio

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta terça-feira.
Comentários