Francisco Rodrigues dos Santos deixa Sporting para avançar para o CDS-PP

O líder da Juventude Popular era um dos cinco vogais eleitos na direção do emblema ‘leonino’, resultantes do ato eleitoral que elegeu Frederico Varandas presidente do clube.

Francisco Rodrigues dos Santos apresentou a demissão do cargo de vogal da direção do Sporting, através de uma carta a que a Lusa teve esta segunda-feira acesso, e para se candidatar à liderança do CDS-PP.

O líder da Juventude Popular era um dos cinco vogais eleitos na direção do emblema ‘leonino’, resultantes do ato eleitoral que elegeu Frederico Varandas presidente, em 08 de setembro de 2018.

A candidatura de Francisco Rodrigues dos Santos à presidência do CDS-PP foi revelada pelo ex-líder do PSD Luís Marques Mendes no seu habitual espaço de comentário político na SIC no domingo.

“Uma vez que me proponho a alcançar uma posição política de elevado grau de responsabilidade nacional, entendo que a simples assunção desse objetivo poderia conflituar com o meu lugar no Sporting. Embora os Estatutos do clube permitam a legal conciliação entre as minhas atuais e possíveis futuras funções, entendo ser meu dever prevenir eventuais incompatibilidades éticas e morais, agindo em defesa da lisura e da transparência com que sempre pautei a minha conduta pública e privada”, lê-se na carta dirigida ao presidente da Assembleia Geral do clube, Rogério Alves.

Na mesma missiva, Francisco Rodrigues dos Santos, que detinha o pelouro dos núcleos ‘leoninos’, fez um balanço da sua atividade, recordando a inauguração e oficialização de “50 novas estruturas”, contabilizando, desde o início do mandato, visitas “a mais de 200 entidades diferentes”.

“Saio com a consciência tranquila e com certeza que coloquei intransigentemente os interesses do Sporting sempre em primeiro lugar. Serei agora mais um sportinguista de corpo e alma, a apoiar e a torcer da bancada pelo nosso sucesso coletivo. E a apoiar incondicionalmente este Conselho Diretivo e o seu presidente, subscrevendo cada uma das linhas do seu projeto para reerguer o Sporting, louvando a coragem, a seriedade e urbanidade com que dirigem o clube que amarei até à eternidade”, rematou Francisco Rodrigues dos Santos.

No domingo, Francisco Rodrigues dos Santos, de 31 anos, publicou na sua página no Facebook um convite para um anúncio, a realizar na terça-feira, no Porto.

Até ao momento, há pelo menos quatro candidaturas anunciadas – João Almeida, deputado e porta-voz do partido, Filipe Lobo d’Ávila, antigo deputado que criou o grupo crítico da ainda liderança Juntos pelo Futuro, Abel Matos Santos, da Tendência Esperança em Movimento (TEM), e Carlos Meira, ex-líder da concelhia de Viana do Castelo.

O líder da Juventude Popular (JP), Francisco Rodrigues dos Santos, a exemplo dos restantes, também anunciou uma moção de estratégia e admitiu, em meados de outubro, que poderá concorrer.

Recomendadas

Portugal e Timor Leste assinam acordo na áreas do Desporto e Juventude

Os Governos de Portugal e de Timor-Leste assinaram hoje um memorando de entendimento que “visa a consolidação das relações de cooperação” na área do desporto e da juventude, anunciou a secretaria de Estado da Juventude e do Desporto.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Eutanásia: Texto final aprovado na especialidade com votos contra de Chega e PCP (com áudio)

A votação do texto na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, contou com os votos a favor de PS, IL e BE.
Comentários