Frio pode “apagar” um telemóvel. Saiba como se pode prevenir

Em condições extremamente frias, qualquer smartphone ou iPhone pode “morrer”. Contudo há pequenos truques para o evitar, saiba quais.

As temperaturas extremamente baixas podem fazer um telemóvel colapsar. É que as baterias dos dispositivos Andoid e iOS são de iões de lítio, que quando expostas a baixas temperaturas param de descarregar energia para os aparelhos.

O problema começou a ser relatado nos Estados Unidos, em novembro, após o lançamento do Iphone X, e agora com o frio extremo que se tem feito sentir pela América do Norte, começam a surgir histórias de dispositivos que simplesmente se apagam.

De acordo com Roger Gurney, dono da tecnológica do Alasca Artic Tech Solutions, para evitar “a morte” da bateria de um iPhone ou de um smartphone basta não expor o aparelho a temperaturas abaixo de 0º Celcius. Ao USA Today, o especialista disse que 20.º Celcius negativos é a “morte” certa para qualquer telemóvel.

No caso de não ser possível evitar que o telemóvel fique exposto a um tempo extremamente frio, e, consequentemente, evitar que a bateria “morra”, bastará colocar o telemóvel a uma temperatura mais quente, junto ao corpo por exemplo, e colocar a bateria a carregar.

Segundo a “Time” existem pequenos truques que podem evitar o colapso de um smartphone ou iPhone: mantenha-o no bolso, de um casaco por exemplo, quando não está a utilizá-lo; utilize uma capa protetora, evite carregar o dispositivo enquanto está mesmo muito frio, senão poderá danificar o aparelho; desligue o smartphone ou iPhone quando expostos a temperaturas memsmo frias.

 

Recomendadas

Saiba que erros evitar na gestão das finanças pessoais

Faça um Plano Financeiro. Defina objetivos a curto, médio e longo prazo, mas que consiga cumprir. Quantifique-os e defina prazos. Calcule pequenas metas a curto prazo para os atingir e mantenha-se focado nesses objetivos, sem ser demasiado ambicioso.

PremiumEconomia abranda, mas desemprego resiste

A economia voltou a desacelerar no terceiro trimestre, mas o mercado de trabalho parece estar a resistir. Inflação já pressiona empregadores, mas desemprego mantém-se em níveis baixos.

Salários reais caem pela primeira vez neste século e deixam milhões de trabalhadores em dificuldades

Há milhões de trabalhadores em dificuldades: os salários reais têm caído, pelo que são precisas, avisa a OIT, medidas que protejam o poder de compra. Em Portugal, o Governo já ajustou, por exemplo, a trajetória do salário mínimo com essa intenção em mente.
Comentários