Funchal encaminha 20% do total de resíduos produzidos para reciclagem

O Funchal produz cerca de 62.000 toneladas de resíduos urbanos por ano.

O Funchal produz cerca de 62.000 toneladas de resíduos urbanos por ano, 12.500 toneladas vão para reciclagem, o que corresponde a 20%.

A vereadora na Câmara Municipal do Funchal, Nádia Coelho, sublinhou, durante o dia internacional da reciclagem, que quando se deposita corretamente o lixo “evitamos que este tenha como destino final a valorização energética” e está a se contribuir “para a sua circularidade e para a preservação do meio ambiente”.

A autarca acrescentou que é fundamental “continuar a apostar nas ações de educação e sensibilização dos cidadãos de modo a consciencializar para a reciclagem, pois, só assim se consegue: reduzir o consumo de recursos naturais; favorecer o meio ambiente, a economia e a sociedade; diminuir a quantidade de resíduos encaminhados para valorização energética e aterro; poupar energia; prolongar a vida útil dos aterros sanitários e melhorar a consciência ecológica”.

A autarquia do Funchal referiu que o vidro é 100% reciclável sem perder quaisquer qualidades, podendo ser reciclado indefinidamente; Cada tonelada de vidro limpo dá origem a uma tonelada de vidro novo; Reciclar o vidro evita a extração de grandes quantidades de areia de praias e rios.

Já com “uma tonelada de papel evita-se o abate de 15 a 20 árvores, a utilização de 2.000 litros de água, as descargas para o meio aquático e, além disso, estamos a contribuir para a diminuição da poluição atmosférica. No processo tradicional de produção de papel, o volume de água necessário pode chegar aos 100.000 litros por tonelada de papel fabricado”.

O município acrescentou que a “reciclagem de cinco garrafas de PET (tipo de plástico usado para o fabrico de garrafas de água, sumos, etc.) permite a produção de poliéster suficiente para fazer uma t-shirt XL. As latas de metal são 100% recicláveis, podendo ser recicladas vezes sem conta. A energia utilizada para fazer uma lata de alumínio a partir de matérias-primas naturais é suficiente para fazer 20 latas de alumínio reciclado. Reciclar uma lata de alumínio é o equivalente a poupar energia suficiente para ver televisão durante três horas”.

Para além disso a autarquia sublinha que os “restos de comida dão origem a um fertilizante de boa qualidade”.

Recomendadas

Madeira: Taxa de transição/conclusão no ensino básico e secundário diminuiu no ano letivo 2020/2021

Em termos globais (do ensino pré-escolar ao ensino secundário), no ano letivo 2020/2021, estavam matriculados na RAM 40,2 mil alunos, o que representa uma diminuição de 3,8% (-1.605 alunos) em relação ao ano letivo anterior.

Saiba como adquirir hábitos alimentares saudáveis sem pesar muito na carteira

Se comprar fruta e legumes da época aproveitará todo o sabor destes alimentos e a melhor relação entre qualidade e preço e poupará na sua carteira.

Câmara do Funchal entrega 24 projetos urbanísticos a doze famílias com carência socioeconómica

Os 24 projetos entregues, esta quarta-feira, são relativos a arquitetura, acessibilidades e redes de abastecimento de água potável e saneamento básico.
Comentários