Funchal investe 3,1 milhões de euros na reabilitação da ETAR

A obra inclui a remodelação da ETAR e também a verificação e reparação do emissário submarino.

A Câmara Municipal do Funchal vai investir 3,1 milhões de euros para reabilitar a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR). A obra inclui a remodelação da ETAR e também a verificação e reparação do emissário submarino, sublinha a autarquia.

“Esta é a primeira fase de requalificação da atual ETAR, situada no Almirante Reis, um investimento histórico que inclui a remodelação integral dos equipamentos que compõem a ETAR, nomeadamente comportas, gradeamento de grossos e finos, classificadores de areias, válvulas, bombas, ventiladores e tubagens, entre outros. Neste processo, iremos proceder também à remodelação completa dos automatismos da estação, quadros elétricos, posto de transformação e grupo de emergência”, explicou Rúben Abreu, vereador da autarquia do Funchal.

“Neste momento, os trabalhos de substituição dos equipamentos próprios do sistema de funcionamento da ETAR já estão concluídos. Estamos agora na fase de colocação em funcionamento dos novos automatismos e montagem do novo sistema de ventilação e renovação de ar, como também da construção de uma antecâmara de separação física entre o compartimento onde se encontram os quadros elétricos e as máquinas do espaço principal”, clarificou o vereador da autarquia do Funchal sobre o desenvolvimento da obra de reabilitação da ETAR.

Rúben Abreu disse ainda que a intervenção de beneficiação no emissário submarino, que recebe todas as águas residuais do concelho, após serem tratadas na ETAR do Funchal, vai trazer “uma melhor capacidade de resposta às solicitações das redes municipais de saneamento básico, em mais um investimento importante da Câmara Municipal do Funchal, no sentido de salvaguardar a sustentabilidade ambiental do nosso concelho”.

Recomendadas

Câmara do Funchal quer criar mais e melhores condições para um desporto inclusivo

“Queremos uma cidade cada vez mais inclusiva e integradora”, defendeu a vereadora com os pelouros da Acção Social, Helena Leal, na apresentação dos terceiros Campeonatos do Mundo de Basquetebol e Judo para Atletas Síndrome de Down – Madeira 2022.

Saiba que tipo de informação é dada pela nova etiqueta energética

A informação que consta da etiqueta varia conforme o equipamento, mas existe um conjunto de informação comum.

UMa promove Macaronight para debater adaptação às alterações climáticas e restauração das águas e oceanos

Na Madeira, o projeto é liderado pela Universidade da Madeira e tem como parceiros a Secretaria Regional de Educação, a Câmara Municipal do Funchal, a ARDITI e a StartUp Madeira.
Comentários