Funchal: Prorrogado prazo de reabilitação da ETAR

Foi aprovada a participação da Câmara num instituto sem fins lucrativos, o Instituto para o Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (IDEA).

Na reunião de câmara da vereação da Câmara Municipal do Funchal (CMF) desta quarta-feira todos os  pontos foram aprovados por unanimidade, sendo de destacar a “prorrogação do prazo da reabilitação da ETAR, quer da primeira fase, quer da Estação Elevatória dos Socorridos, que está a ser feita, na fronteira entre Funchal e Câmara de Lobos”, uma obra que tem sofrido alguns atrasos, como admitiu o presidente da CMF, estando prevista a conclusão para março de 2023.

Foi também aprovado um apoio financeiro à Associação de Barmen, para um festival de cocktails, que será realizado no Mercado dos Lavradores, promovendo os produtos regionais e estando  integrado nestas festividades de Natal.

Por último, foi aprovada a participação da Câmara num instituto sem fins lucrativos, o Instituto para o Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (IDEA), que integra a Universidade Nova, o Governo Regional, através da Secretaria Regional da Saúde, a Universidade da Madeira, a Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira, a Empresa de Eletricidade da Madeira, a Associação Comercial e Industrial do Funchal, entre outros.

A CMF entra com “a cedência de um espaço que irá funcionar, no Centro Cultural e de Investigação do Funchal”, para se criar “escala, na Região e conseguirmos captar fundos comunitários para projetos de desenvolvimento quer na saúde, educação e investigação”, aponta Pedro Calado.

Recomendadas

Madeira: PCP reclama desenvolvimento e justiça social para zonas altas

Herlanda Amado referiu que não tem existido um verdadeiro investimento para garantir a qualidade de vida e segurança de quem vive nestas localidades, salientando que os problemas sociais têm-se agravado.

Madeira: Retribuição mínima mensal de 785 euros aprovada na especialidade

O diploma que fixa a retribuição mínima mensal, na Madeira, em 785 euros segue para votação final global. Em breve entrará em vigor na Região.

Madeira: Comissão de inquérito ao favorecimento de grupos económicos e ‘obras inventadas’ tomou hoje posse

Os membros da comissão têm até ao dia 7 de fevereiro para apresentar as propostas de metodologia de trabalho. A primeira reunião foi agendada para o dia 9 de fevereiro, e visa analisar as sugestões dos diferentes partidos na condução dos trabalhos desta comissão que vai investigar o alegado “favorecimento a grupos económicos e ‘obras inventadas’”.
Comentários