Fundação MAPFRE organiza encontro ibérico

“Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis – Promoção da Segurança e Saúde nas Empresas” foi o tema escolhido pela Fundação MAPFRE para o seu VI Encontro Ibérico, que decorreu a 2 de dezembro, em Lisboa. A iniciativa foi organizada em parceria com Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) e abordou a importância de garantir […]

“Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis – Promoção da Segurança e Saúde nas Empresas” foi o tema escolhido pela Fundação MAPFRE para o seu VI Encontro Ibérico, que decorreu a 2 de dezembro, em Lisboa. A iniciativa foi organizada em parceria com Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) e abordou a importância de garantir a saúde e segurança dos trabalhadores para a estabilidade social e económica. A ocasião foi ainda aproveitada para debater a gestão dos riscos laborais, para conhecer as prioridades do programa estratégico da União Europeia e ainda para partilhar exemplos de boas práticas nacionais e ibéricas em matéria e segurança e saúde em contexto laboral.

 

Ana Santos Gomes / OJE

Recomendadas

Marques Mendes: “Costa Silva recupera autoridade ou sai. O país precisa de um ministro da Economia forte”

“De um Governo com maioria absoluta, à partida um Governo forte, esperava-se unidade, coesão, determinação, energia, mobilização, espírito reformista. O que encontrámos? Exatamente o contrário”, disse este domingo o comentador da SIC.

Moçambique baixa receitas fiscais do gás ao fundo soberano para 40%

Moçambique deverá ser um dos maiores exportadores mundiais de gás a partir de 2024, beneficiando não só do aumento dos preços, no seguimento da invasão da Ucrânia pela Rússia, mas também pela transição energética.

PCP defende aumento do salário mínimo nacional para 850 euros em janeiro

O secretário-geral do PCP acusou o Governo de querer “retomar todos os caminhos da política de direita, fazer comprimir ainda mais os salários, facilitar a exploração, abrir espaço para os negócios privados na saúde e na educação, condicionando ou justificando as suas opções com as orientações e imposições da União Europeia e do euro”.