Fundação Santander lança 500 bolsas de estudo em língua portuguesa para refugiados ucranianos

A iniciativa é lançada através da Universidade Aberta, única instituição online em Portugal, e o público-alvo são ucranianos adultos com ou sem formação académica formal que queiram adquirir, desenvolver ou consolidar competências de comunicação em português.

A Fundação Santander, através do Santander Universidades, oferece bolsas a refugiados ucranianos poderem frequentar um curso de português na Universidade Aberta, única instituição totalmente online em Portugal.

O público-alvo são ucranianos adultos com ou sem formação académica formal que pretendam adquirir, desenvolver ou consolidar competências de comunicação em língua portuguesa.

A formação é apoiada pela Embaixada da Ucrânia no nosso país e tem a duração de 78 horas distribuídas por 12 semanas. As aulas são na plataforma de ensino da Universidade Aberta, contando com o acompanhamento de um docente. Quem não tiver o seu próprio PC, poderá utilizar um dos 18 centros da instituição universitária que disponibilizam salas com computadores.  Estas são distribuídas por todo o país, incluindo regiões autónomas.

“Esta formação irá dotar os participantes de competências linguísticas fundamentais para comunicar e integrar a comunidade em que estão inseridos em Portugal tão rapidamente quanto possível”, afirma a Fundação Santander em comunicado.

A ideia surgiu após uma viagem de avião com 178 refugiados ucranianos, apoiada pela Fundação Santander em colaboração com a Paróquia do Campo Grande, como explica Inês Oom de Sousa, presidente da Fundação Santander: “Na sequência da nossa viagem de acompanhamento dos refugiados ucranianos da Polónia para Portugal, verificámos que a língua é um grande obstáculo a uma boa integração, nomeadamente em termos laborais. Por isso mesmo, procurámos rapidamente uma forma de contribuir para a eliminação desta barreira. Esta parceria com a Universidade Aberta pareceu-nos a mais adequada, uma vez que nos permite abranger o maior número de pessoas”.

Os cidadãos ucranianos que se pretendam candidatar deverão inscrever-se no curso através da plataforma do Santander até 4 de setembro de 2022.

Recomendadas

Banco de Portugal volta a dispensar bancos de reserva contracíclica a partir de 1 de julho

A reserva contracíclica corresponde a uma reserva adicional que tem como objetivo proteger o setor bancário nos períodos em que o risco aumenta. Banco de Portugal mantém os 0% para o terceiro trimestre.

BCP é o banco que mais empresas ajudou a obter o Estatuto Inovadora da COTEC em 2022

A maioria das empresas apoiadas pelo Millennium bcp para obter o Estatuto Inovadora tem entre 11 e 20 anos (158 empresas) e entre 21 e 30 anos (152 empresas) de vida. Porto é o distrito com mais Empresas Inovadoras (145 empresas) apoiadas pelo Banco, à frente de Lisboa (121), Aveiro (102) e Braga (81), diz o BCP.

Linhas de Capitalização: que fundos para PMEs e startups? Veja a JE Talks

Pedro Neto, partner da Moneris e Ricardo Vale, coordenador comercial da Yunit Consulting irão abordar as melhores estratégias que as empresas podem adotar para entregar as suas candidaturas, numa iniciativa onde serão ainda dissecados os apoios existentes para PME e startups.
Comentários