Fundo Cerberus vai apresentar plano de recuperação de 2 mil milhões à Oi

Plano do Cerberus envolve um investimento maior do que o apresentado anteriormente pelo egípcio Naguib Sawiris.

A operadora Oi, da Pharol, deverá receber até fevereiro um plano alternativo de recuperação por parte do fundo norte-americano Cerberus, especializado em investimento e empresas com dificuldades financeiras.

“O plano do Cerberus não está vinculado a um movimento de consolidação com a TIM. A proposta é que o Cerberus, junto com outros fundos de investimentos, faça um aporte primário (direto na companhia) de 2 mil milhões”, disse fonte próxima da operação.

O plano compreende uma injeção de capital de dois mil milhões de dólares na Oi nos próximos quatro anos, o que implica a diluição de participação dos acionistas, de acordo com o jornal Estado de S. Paulo.

A Oi, que tem uma dívida declarada de 65 mil milhões de reais, atravessa um processo de recuperação judicial desde junho.

Além desta proposta, a operada já tinha recebido outra proposta alternativa de reestruturação por parte do empresário Naguib Sawiris, do Egito. Esta proposta foi apresentada em conjunto com os credores da Moelis.

Recomendadas

Caixa realiza Simulacro anual no edifício Sede

“O exercício teve a participação de 3 mil pessoas que se encontravam no edifício à hora do simulacro”, diz a CGD.  

Sindicato diz que contraproposta de aumentos salariais da Altice fica aquém do pretendido

A proposta da Altice consiste num aumento de 2% para valores base abaixo de 1.300 euros, garantindo um vencimento mínimo de 800 euros e de 1% para valores base entre os 1.300 euros e os 2.300 euros.

Anchorage Digital renova escritório do Porto porque “equipa em Portugal tem crescido muito”

A tecnológica liderada por Diogo Mónica, que está a comemorar cinco anos no negócio dos criptoativos, vai reabrir as portas do espaço que tem na cidade Invicta na próxima semana.
Comentários