Fundo do Qatar reforça participação no Credit Suisse para 6,8%

Desta forma é o segundo maior acionista do banco suíço logo a seguir ao Saudi National Bank que tem 9,9% adquiridos no ano passado no âmbito da participação num aumento de capital de 4,2 mil milhões de dólares. O Credit Suisse apresenta resultados a 9 de fevereiro.

O Qatar Investment Authority, fundo soberano do Qatar, aumentou a sua participação no capital do Credit Suisse para 6,87%, segundo avança o CNBC. Desta forma é o segundo maior acionista do banco suíço logo a seguir ao Saudi National Bank que tem 9,9% adquiridos no ano passado no âmbito da participação num aumento de capital de 4,2 mil milhões de dólares.

O QIA começou a investir no Credit Suisse ainda durante da crise financeira e agora, possui 6,8% das ações do banco, de acordo com o comunicado de sexta-feira, diz o CNBC.

Juntamente com os 3,15% detidos pela empresa familiar Saudita Olayan Financing Company, pode dizer-se que mais de um quinto das ações do banco suíço especializado na gestão de fortunas são detidas por investidores do Médio Oriente.

O Credit Suisse irá reportar os seus lucros do quarto trimestre e do ano 2022 em 9 de Fevereiro, e já projectou uma perda de 1,5 mil milhões de francos suíços (1,49 mil milhões de euros) para o quarto trimestre.

 

Recomendadas

BPI vai pagar 284 milhões de euros em dividendos ao CaixaBank

“Temos um pay out proposto de 65% do resultado em Portugal e de 100% nos negócios em África”, afirmou João Pedro Oliveira e Costa, CEO do BPI, na apresentação dos resultados referentes a 2022, o que totaliza 284 milhões de euros em dividendos.

BPI vai começar “em breve” a remunerar os depósitos

Num período marcado pela subida das taxas de juro, o BPI garante estar atento a esta questão e que irá “em breve” começar a aumentar a remuneração dos depósitos.

Preços dos seguros aumentaram em média 4% no quarto trimestre, diz Marsh

António Morna, Diretor de Placement da Marsh Portugal, considera que “após um 2022 desafiante” vamos “enfrentar um ambiente operacional difícil em 2023”.
Comentários