Fundo soberano da Noruega reforça posição na Altri

O Norges Bank passou a deter uma participação qualificada de 2,09% na produtora de pasta e papel, disse a empresa em comunicado.

O Norges Bank, que gere o maior fundo soberano do mundo (da Noruega), reforçou a sua posição na Altri, de menos de 2% para 2,09%, passando assim a deter uma participação qualificada na empresa, segundo um comunicado divulgado esta noite na CMVM. O Norges Bank é o maior investidor em ações do tendo presença no capital de quase todas as cotadas portuguesas.

Recorde-se que a Altri registou resultados líquidos positivos de 24,3 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, o que representa uma queda homóloga de 73,2%. A produtora de pasta de papel portuguesa viu as receitas totais caírem 19,3% para 469,5 milhões de euros, comparativamente ao mesmo período do ano passado. Já o EBITDA – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – afundou 51,5%, para os 95 milhões de euros.

Ainda que a queda dos lucros até setembro tenha sido superior a 70%, a empresa liderada por José Pina destaca que no terceiro trimestre as exportações ascenderam a 89 milhões de euros e houve uma redução trimestral da dívida líquida nominal remunerada em 28,1 milhões de euros.

Para a Altri, ainda que os meses de julho, agosto e setembro constituam um trimestre “sazonalmente menos intenso, este ficou marcado por uma normalização da procura a nível europeu, o que se traduziu numa taxa de crescimento da procura por parte de produtores de papéis tissue mais baixa do que a registada no trimestre anterior”.

A empresa tem sido uma das grandes animadoras do mercado de capitais nacionais nos últimos dias.

Recomendadas

Euribor em máximos de uma década

O que pode fazer para cobrir a subida dos juros do seu empréstimo à habitação?

Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta semana

A semana arranca com os mercados a reagir à vitória do partido de extrema-direita liderado por Giorgia Meloni em Itália. Esta segunda-feira, Christine Lagarde fala no Parlamento Europeu e, por cá, o Instituto Nacional de Estatística divulga as tábuas da mortalidade em Portugal, referentes ao período pandémico. Conheça a agenda da semana.

Digi e Cellnex celebram acordo para instalação de rede 5G em Portugal

Esta é a primeira informação oficial a surgir depois de a Digi ter investido mais de 67 milhões de euros na compra de licenças 5G no leilão da Anacom.
Comentários