Fundos de pensões com performance negativa

Os fundos de pensões portugueses obtiveram em setembro uma rendibilidade mediana estimada de -0,7%, revelou a Mercer em comunicado. A rendibilidade desde o início do ano é de 0,8%. Aquela rendibilidade mediana deve-se “ao desempenho negativo das ações”, assinala Rui Guerra, partner da Mercer. “Os resultados de setembro foram negativamente influenciados pelos dados do FMI relativamente […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Os fundos de pensões portugueses obtiveram em setembro uma rendibilidade mediana estimada de -0,7%, revelou a Mercer em comunicado. A rendibilidade desde o início do ano é de 0,8%.

Aquela rendibilidade mediana deve-se “ao desempenho negativo das ações”, assinala Rui Guerra, partner da Mercer. “Os resultados de setembro foram negativamente influenciados pelos dados do FMI relativamente ao abrandamento da economia global, particularmente nos países emergentes, e ao receio da subida das taxas de juro por parte da Reserva Federal norte-americana (FED)”, acrescenta o responsável.

A yield das obrigações de dívida privada com qualidade de crédito AA e maturidade superior a 10 anos, índice de referência para as taxas de desconto dos planos de pensões, era de 2,08% no final do mês de Setembro. No final de agosto esta taxa era de 2,03%.

mercer

 

Fonte: Barclays Capital (Obrigações) e MSCI (Ações)

OJE

 

Recomendadas

Trabalhadores do MNE português no Brasil vão ter atualização salarial de 48,9%

Os trabalhadores nos postos consulares e missões diplomáticas no Brasil vão ter as suas remunerações atualizadas em 48,9%, a mesma percentagem da depreciação monetária acumulada do real, segundo legislação publicada em Diário da República.

Turismo de Lisboa espera recuperação na quadra natalícia para níveis próximos de 2019

O turismo da região de Lisboa deverá recuperar na quadra natalícia deste ano, em comparação com 2021, aproximando-se dos números registados antes da pandemia de covid-19, segundo o diretor-geral do Turismo de Lisboa, Vítor Costa.

Patrões portugueses gastam menos com cada trabalhador do que a média europeia

É no Luxemburgo que os patrões pagam mais aos seus trabalhadores por hora trabalhada e na Bulgária onde pagam menos. Portugal está vários lugares acima deste último Estado-membro, mas bem abaixo da média comunitária, revela o Eurostat.