Galamba “convicto” no fim da greve. Sindicato diz ser “muito provável” que greve continue (com áudio)

A direção do sindicato vai levar a votação, esta quinta-feira, um acordo celebrado com a administração da TAP, que visa desconvocar a greve dos tripulantes. 

O ministro das Infraestruturas, João Galamba, reuniu-se com o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) e, em comunicado, mostrou-se “convicto” na desconvocação da greve dos tripulantes.

Galamba acredita que a “Assembleia Geral do SNPVAC dará o passo decisivo para a melhoria da situação dos trabalhadores e da companhia aérea”, sendo este passo o abandono da greve no final do mês.

O ministro lembrou ainda que a greve de sete dias “causaria um grave dano à empresa”.

A direção do sindicato vai levar a votação, esta quinta-feira, um acordo celebrado com a administração da TAP, que visa desconvocar a greve dos tripulantes.

Em comunicado, o ministro saudou a direção do sindicato “pelo espírito de compromisso que permitiu chegar a um documento importante para um futuro de sustentabilidade e crescimento da TAP”.

Mas se esta foi a comunicação do ministro à saída, o sindicato ainda se apresentava de pé atrás à entrada para a votação do acordo. Em declarações à SIC e RTP, Ricardo Penarróias, apontou ser “muito provável” que os tripulantes decidam manter o pré-aviso de greve entre 25 e 31 de janeiro.

“É muito provável [que a greve continue em cima da mesa]”, disse o presidente do SNPVAC, reiterando o sentimento de insatisfação dos tripulantes de cabine com a gestão da TAP.

Anteriormente, o dirigente sindical esclareceu que irão “discutir o documento, ouvir as opiniões de todos os associados e, no final, são os associados que irão tomar a decisão”.

Relacionadas

TAP: Sindicato dos Pilotos rejeita “atitude ameaçadora” de empresa e apoia protesto

A companhia aérea está a ser alvo de um plano de reestruturação que inclui cortes salariais aos trabalhadores e que motivou uma greve de tripulantes em dezembro, estando outra já marcada para o final deste mês.

Administração da TAP diz que concentração de trabalhadores “constitui um ilícito disciplinar”

A Comissão Executiva da TAP adiantou hoje que a concentração de trabalhadores na entrada das instalações da companhia aérea, em Lisboa, para exigir a demissão da administração, “constitui um ilícito disciplinar” e “não mais se deve repetir”.

TAP: “É absolutamente crucial” paz social para recuperação ter êxito, considera APAVT

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) apela para um entendimento entre administração da TAP e tripulantes de cabine de forma a evitar as greves previstas, que perturbam a implementação do plano de recuperação da companhia.

TAP está a contratar tripulantes de bordo. Candidaturas até 1 de fevereiro

Dias antes da greve convocada entre os dias 25 e 31 de janeiro, a TAP decide divulgar o processo de candidaturas para a contratação de novos tripulantes de cabine.

TAP. Mais de uma centena de trabalhadores concentrados à porta exigem demissão da administração

Mais de uma centena de trabalhadores da TAP estão hoje concentrados na entrada das instalações da companhia aérea, em Lisboa, para exigir a demissão da administração, numa manifestação silenciosa convocada por mensagem.

TAP: Tripulantes analisam dia 19 propostas da empresa para evitar greve no fim do mês (com áudio)

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) reúne-se em assembleia geral de emergência em 19 de janeiro, para analisar uma proposta apresentada pela TAP, antes da greve de 25 a 31 deste mês.

TAP: Tripulantes querem “reaver condições de trabalho” e vão lançar pré-aviso de greve

O presidente do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) disse esta quinta-feira que os tripulantes de cabine querem “reaver condições de trabalho” indicando que irão lançar em breve um pré-aviso de greve.

TAP e CP. As pedras no sapato de Galamba

Greves e problemas por resolver é o que espera João Galamba na pasta das Infraestruturas.
Recomendadas

“É importante pensar na estratégia do que se quer para a TAP”, refere administrador da Vila Galé

Gonçalo Rebelo de Almeida considera que é necessário perceber se Portugal quer transformar a TAP numa companhia mais pequena só a Europa ou se o país quer continuar a apostar no seu crescimento.
TAP

Finanças desconheciam bónus de três milhões acordado com CEO da TAP

O antigo ministro João Leão não teve conhecimento do montante do bónus da CEO da TAP que consta do contrato assinado a 8 de junho de 2021.

Premium“Vamos continuar a trabalhar as duas marcas em separado”

Neves e Almeida e CEGOC vão trabalhar em autonomia e com equipas de gestão próprias, mantendo a identidade de cada marca.
Comentários