Galp e Repsol lançam concurso de inovação para captura e utilização de CO2 em Sines

A Repsol e a Galp acabam de lançar um desafio a empresários, novas empresas e centros de investigação e inovação “para desenvolver soluções inovadoras para a Captura e Utilização de Carbono (CCU) e para tecnologias de Remoção de Dióxido de Carbono (CDR)” de Sines, avançam a duas petrolíferas.

A Repsol e a Galp acabam de lançar um desafio a empresários, novas empresas e centros de investigação e inovação “para desenvolver soluções inovadoras para a Captura e Utilização de Carbono (CCU) e para tecnologias de Remoção de Dióxido de Carbono (CDR), com potencial para serem aplicadas nas suas instalações industriais em Sines, que poderão servir de laboratórios vivos para as soluções mais promissoras”, avançam a duas petrolíferas da Península Ibérica.

A captura e utilização de CO2 “são campos vitais na transição para um sistema energético mais sustentável, abrindo, assim, novas alternativas na geração e consumo de energia, e criando novos produtos a partir de resíduos, tais como biocombustíveis ou combustíveis sintéticos a partir de CO2 capturado e hidrogénio renovável”, referem as empresas.

“As tecnologias CCU prioritárias a considerar incluem novas rotas catalíticas para a conversão de CO2 em produtos químicos; mineralização de CO2; combinação da utilização de CO2 e H2; e produtos inovadores a partir de CO2 (proteínas, e-combustíveis, etc.). As tecnologias CDR incluem a melhoria da captura direta de ar; tecnologias de carbono azul (captura oceânica); e utilização de biomassa e sequestro de solo (BECCS, biochar, etc.)”, lê-se no comunicado.

Na nota explicam que este convite à apresentação de candidaturas está aberto até 11 de novembro. O júri fará uma shortlist dos projetos mais promissores até ao dia 25 de novembro e os vencedores serão anunciados num evento dedicado ao tema no início do mês de dezembro. O vencedor receberá um prémio de 50.000 euros, que pode ser apoiado através de bolsas de investigação académica e outros financiamentos.

 

Recomendadas

Transição climática é prioridade para grandes empresas

Sonae, CTT, NOS e Altri têm estratégias consolidadas no combate às alterações climáticas e querem com as suas práticas influenciar toda a cadeia de valor. O JE foi conhecer as metas traçadas e as medidas para as atingir.

Vila Galé Collection Braga considerado o hotel mais marcante da Europa nos ‘Óscares do Turismo’

Com um investimento de oito milhões de euros, o Vila Galé Collection Braga resulta da reconversão do complexo do antigo hospital de São Marcos, que estava desocupado desde 2011, permitindo assim a requalificação de um imóvel de interesse público, datado de 1508.

Grupo Stellantis e DST Solar nas Agendas Mobilizadoras

A inovação verde para a indústria automóvel passa pelas Agendas Mobilizadoras. O ISQ&CTAG irá investir 6,2 milhões de euros.
Comentários