Gás natural. Galp paga 38 milhões por 33% da Setgás

A Galp Energia anunciou ter chegado a acordo com a Enagás para a compra de uma participação de 33,05% na Setgás – Sociedade de Distribuição de Gás Natural. Pelo negócio, a petrolífera vai pagar cerca de 38 milhões de euros. Esta transação será realizada através da Galp Gás Natural Distribuição, S.A., subsidiária detida a 100% […]

A Galp Energia anunciou ter chegado a acordo com a Enagás para a compra de uma participação de 33,05% na Setgás – Sociedade de Distribuição de Gás Natural. Pelo negócio, a petrolífera vai pagar cerca de 38 milhões de euros.

Esta transação será realizada através da Galp Gás Natural Distribuição, S.A., subsidiária detida a 100% pela Galp Energia, que aumentará a sua participação na Setgás para 99,93%.

A Setgás opera a rede de distribuição de gás natural em média e baixa pressão na região de Setúbal em Portugal.

A conclusão desta operação está sujeita à obtenção das habituais aprovações por parte das entidades reguladoras.

Empresa concessionária para distribuição de gás natural em 10 concelhos da zona Sul de Portugal, a Setgás foi constituída a 26 de janeiro de 1990. Foi-lhe atribuída, através de concurso público, a concessão da “Distribuição de Gás de Substituição e Construção das respetivas infraestruturas”, na zona sul, pelo período de 35 anos, isto é, até ao ano 2028.

OJE

Recomendadas

“Falar Direito”. Renegociação de créditos? Eficácia vai depender do universo que temos pela frente”

Qual será o grau de eficácia do diploma que visa, essencialmente, regular o procedimento de renegociação entre as instituições de crédito e os respetivos clientes? Saiba a resposta do advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, no programa da plataforma multimédia JE TV.

Greve na TAP. Como saber se há lugar a compensações para os passageiros afetados?

Os passageiros podem ter direito a voo de substituição, assim como alimentação, bebida e internet providenciadas pela própria companhia para as eventuais horas de espera adicionais, de acordo com a AirHelp.

Galp Solar e PcComponentes assinam acordo para instalar painéis fotovoltaicos para famílias e empresas

Uma casa com gasto médio de 100 euros mensais de energia pode poupar até 500 euros anuais na fatura da eletricidade, diz a Galp Solar.