PremiumGalp reestrutura área comercial e sindicato prevê saída de 100 trabalhadores

Áreas de combustível, gás e eletricidade vão ser unificadas. Administração propõe pré-reformas e rescisões amigáveis. Sindicato fala em cem saídas até ao fim do ano. Empresa confirma reestruturação mas não admite números.

A Galp está a reestruturar a sua área comercial, através da unificação das áreas de combustível, gás e electricidade, apurou o Jornal Económico. A estrutura sindical que representa os funcionários da empresa calcula que este processo leve à saída de cerca de 100 pessoas até ao final do ano, através de pré-reformas e rescisões amigáveis, disse ao Jornal Económico o coordenador do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul (SITE SUL), Hélder Guerreiro. A empresa está a oferecer indemnizações acima do mínimo legal, entre 1,6 e 1,8 salários por cada ano de trabalho.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.

Restaurantes da AHRESP vão assegurar alimentação dos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

A AHRESP vai apoiar a Fundação na “definição das regras de funcionamento da rede de restaurantes e similares que irão assegurar o fornecimento de refeições para os participantes da Jornada Mundial da Juventude e contactar restaurantes e similares para promover a sua adesão à rede, bem como promover o uso do Guia de Boas Práticas da Restauração e Bebidas junto da rede”, lê-se no comunicado.  
Comentários