Ganhos da Microsoft e Visa animam Wall Street

A Microsoft encontra-se a valorizar 3,1% depois de prever um crescimento de receita de dois dígitos para o próximo ano fiscal.

Reuters

A bolsa de Nova Iorque abriu a sessão desta quarta-feira, 27 de abril, em terreno positivo com os ganhos da Microsoft e Visa.

No início da sessão, o S&P 500 sobe 0,45%, para 4,192.44 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 0,72%, para 12,583.68 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 0,33%, para 33,359.17 pontos.

A Microsoft encontra-se a valorizar 3,1% depois de prever um crescimento de receita de dois dígitos para o próximo ano fiscal, impulsionado pela procura por serviços de ‘cloud’, enquanto a Visa sobe 5,8% depois da rede de pagamentos informar que espera um valor de receita ao nível do registado antes da pandemia.

Ainda no sector tecnológico, a Alphabet está a cair 4,2%, depois de registar uma desaceleração nas vendas de anúncios no YouTube que levaram a empresa a divulgar uma receita trimestral abaixo das expetativas.

Por sua vez, a Boeing encontra-se a perder 3,8% depois de anunciar despesas 1,4 mil milhões de euros em custos extras pela interrupção da produção do seu modelo 777.

Recomendadas

PremiumNovobanco tem como meta financiar 600 milhões de euros de dívida “verde” até 2024

A meta faz parte do Plano Estratégico do banco para 2024 e o Novobanco já tomou firme duas emissões de dívida da Sonae SGPS e Modelo Continente indexadas a indicadores ESG.

Govcoins são o futuro mas ameaçam negócio da banca

As moedas digitais dos bancos centrais podem trazer mais segurança nos pagamentos, mas também criar um problema de inclusão. E podem colocar em causa a viabilidade do sector financeiro.

Wall Street termina semana apenas com Nasdaq a negociar em terreno negativo

O aumento das taxas de juros , a alta inflação, a guerra na Ucrânia e a desaceleração da economia chinesa castigaram as ações e levantaram preocupações sobre uma possível recessão nos EUA.
Comentários