GEFCO entra para a Associação Portuguesa de Operadores Logísticos

A GEFCO é o novo associado da Associação Portuguesa de Operadores Logísticos (APOL) que apresenta agora um total de 14 associados, número que a direção da APOL prevê que cresça no atual mandato do presidente Nuno Rangel. Para o presidente da direção da APOL, Nuno Rangel, a entrada da GEFCO constitui “um momento importante para […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A GEFCO é o novo associado da Associação Portuguesa de Operadores Logísticos (APOL) que apresenta agora um total de 14 associados, número que a direção da APOL prevê que cresça no atual mandato do presidente Nuno Rangel.

Para o presidente da direção da APOL, Nuno Rangel, a entrada da GEFCO constitui “um momento importante para a APOL pois vem reforçar a sua representatividade na economia nacional. É, sobretudo, um sinal de confiança no projeto que estamos a desenvolver para os nossos associados”, justifica Nuno Rangel.

Presente desde 1992 em Portugal, a GEFCO opera de norte a sul do país através das suas seis plataformas logísticas e de 234 colaboradores.

Possui cinco áreas principais de especialização: Overland (transporte Terrestre), Overseas (transporte Marítimo e Aéreo), Armazenagem e embalagens reutilizáveis, Logística de Veículos Acabados e Representação Fiscal e Aduaneira. A APOL foi criada em janeiro de 2009 e conta agora com 14 associados.

OJE

Recomendadas

PremiumPortugueses dominam em projeto de luxo em Cascais

Sandwoods conta com 39 villas com preços que atingem os 2,8 milhões de euros. Projeto deverá estar concluído em 2024, mas sector da construção civil enfrenta falta de mão-de-obra e demora no fornecimento de material.

PremiumFranceses investem até 45 milhões de euros no Barreiro

‘Ja-Ba’ (Jardim Barreiro) está a cargo da dupla de promotores Maxime Tellier e Renauld de L’Hermite, que está presente em Portugal desde o ano de 2014. “O nosso objetivo é muito claro. Fazer um projeto para os portugueses”, assumem.

PremiumOaktree, Cerberus e Vanguard na corrida à VIC Properties

A Alantra vai receber esta sexta-feira as propostas não vinculativas para a compra dos ativos da VIC Properties. A Vanguard deverá avançar para o Pinheirinho. Oaktree e Cerberus entre os interessados.