Gestora de ativos IMGA vai entregar donativo de mais de 24 mil euros a três instituições

A IM Gestão de Ativos, que gere uma carteira superior a 4,2 mil milhões de euros, vai entregar, no final desta semana, o montante arrecadado numa iniciativa solidária. Ajuda de Mãe, Associação Crescerbem e Fundação Rui Osório de Castro recebem mais de 7 mil euros cada uma.

A sociedade gestora de ativos IM Gestão de Ativos (IMGA) reuniu 24.500 euros em donativos, no âmbito do Dia Solidário realizado no início deste mês, e vai entregar o montante no final desta semana a três instituições portuguesas: a Ajuda de Mãe, a Associação Crescerbem e a Fundação Rui Osório de Castro.

A Associação Crescerbem e a Fundação Rui Osório de Castro vão receber a maior fatia deste valor – cada uma ficará com 8.500 euros – e a Ajuda de Mãe recebe o remanescente, os 7.500 euros, de acordo com a informação transmitida esta terça-feira pela empresa, em comunicado divulgado à imprensa.

A IMGA é uma das dez empresas que fazem parte do grupo CIMD, que, pelo 17º ano consecutivo, promoveu esta iniciativa solidária com o intuito de reforçar o espírito de solidariedade entre os clientes e parceiros, através da doação integral das receitas da atividade gerada pela companhia a 2 de dezembro às organizações não-governamentais (ONG) portuguesas e espanholas que cumpram os princípios de transparência e boas práticas.

O donativo do CIMD este ano totalizou 172.368 euros, o que perfaz mais de 4,2 milhões de euros doados ao longo destes últimos 17 anos. Porém, a restante verba foi distribuída a ONG espanholas, uma vez que a empresa tem uma forte presença ibérica.

A IMGA gere uma carteira de ativos superior a 4,2 mil milhões de euros, por 28 fundos de investimento mobiliário comercializados aos balcões das redes do Millennium bcp, Activo Bank, Crédito Agrícola, EuroBic, Bison Bank e Banco Invest.

O que fazem as três instituições?

A Ajuda de Mãe apoia grávidas e mães desfavorecidas, com carências económicas, habitacional, desemprego, necessidades de formação parental e fraca e/ou inexistente rede de suporte sociofamiliar, que podem ter como consequência a falta de condições para receber e criar dignamente o seu filho, originando situações de abandono e exclusão. Este apoio, existente desde 1991, é feito através de atendimento (linha telefónica, email, redes sociais e direto) e acompanhamento psicossocial, acolhimento, formação e reintegração profissional.

A Fundação Rui Osório de Castro é uma instituição de solidariedade social sem fins lucrativos, constituída em 2009, com o objetivo de apoiar as crianças com cancro e os seus familiares em duas grandes áreas: informar (levando aos pais e às próprias crianças informação séria e credível sobre o cancro pediátrico) e promover a investigação (contribuindo, assim, para o avanço da medicina nesta área).

A Associação Crescerbem apoia, desde 2011, famílias carenciadas com recém-nascidos/jovens até aos 18 anos, inicialmente no Hospital Dona Estefânia e atualmente também nos hospitais de Santa Maria e Beatriz Ângelo, em Loures.

Recomendadas

Empresas reafirmam investimento contra riscos cibernéticos

A cibersegurança é uma prioridade para as empresas. O reforço do investimento na proteção de contra ataques mantém-se apesar da conjuntura atual marcada pela subida dos custos. 

Equinix cria fundo solidário de 50 milhões para promover a inclusão digital

A empresa de tecnologia norte-americana criou uma nova estrutura de apoio educativo. O conselho de administração da fundação irá, todos os anos, determinar o montante de doações da fundação, de modo a cobrir a concessão de contribuições ou a correspondência com as ofertas dos colaboradores.

Tecnológica portuguesa Innowave compra Cycloid

Desde 2018 que o grupo tem uma forte estratégia de M&A. “Esta aquisição é mais um passo na nossa estratégia de crescimento, materializada também na criação de centros de competência em Portugal, como é o caso de Lisboa, Porto, Coimbra, Faro e Beja”, afirmou o CEO da Innowave, Tiago Gonçalves.
Comentários