Gestora de propriedades britânica investe 25 milhões na reabilitação do Lagoas Park

Henderson Park Capital tinha adquirido o edifício em 2020 e pretende modernizar durante os próximos quatro anos um espaço que alberga perto de 90 empresas.

A Henderson Park Capital vai investir 25 milhões de euros na reabilitação do parque empresarial Lagoas Park, situado em Oeiras, anunciou a gestora de propriedades inglesa que adquiriu o espaço em 2020, em comunicado esta quinta-feira, 29 de setembro.

As obras arrancaram em 2021 com melhorias já concluídas em alguns dos edifícios e espaços de escritórios e vão prolongar-se durante os próximos quatro anos, onde serão modernizadas as instalações e espaços colaborativos do espaço que alberga perto de 90 empresas e das sete mil pessoas que visitam e trabalham diariamente naquele parque empresarial.

Serão também realizadas obras nas áreas exteriores, como a praça central, a galeria comercial e áreas comuns, em conjugação com a remodelação dos interiores dos edifícios de escritórios, num parque empresarial que é sede de nacional de empresas como a Google, Samsung, BMW, SAP, Johnson&Johnson, Sanofi, Oracle, Cisco, Volvo, Leaseplan e BP.

Ronan Webster, Diretor de Gestão de Ativos, Henderson Park, salienta que “os parques de escritórios de sucesso do futuro, como o Lagoas Park, vão adaptar-se às necessidades em evolução permanente de todos os inquilinos, para dar resposta ao novo ambiente de trabalho e disponibilizar instalações modernas, com preocupações de bem-estar, serviços e espaços comunitários colaborativos para que todas as atividades que decorrem no parque possam crescer”.

Por sua vez, Cláudia Ribeiro, Asset Manager do Lagoas Park pela consultora CBRE, responsável pela gestão daquele ativo, sublinha que a estratégia passa por “reposicionar o projeto de forma gradual, reforçando a sua posição de liderança e, sobretudo, destacando as suas características mais distintivas, como os espaços verdes, a tecnologia e a inovação presentes em cada edifício, e sobretudo o programa de atividades que foi construído focado nos utilizadores dos escritórios e na sua experiência”.

Recomendadas

Investimento no sector de retalho cresceu 170% em Portugal até setembro

A análise europeia da consultora Savills revela que o investimento em centros comerciais representou 27% de toda a atividade de investimento no segmento de retalho, em comparação com os 14% verificados no período homólogo do ano passado.

Preço das casas para arrendar em Portugal subiu 2,9% em novembro (com áudio)

No final do mês de novembro, arrendar casa tinha um custo de 12,5 euros por metro quadrado.

Just a Change está a angariar fundos para reabilitar casas em Portugal

O objetivo passa não apenas por melhorar as condições habitacionais, mas também gerar impacto em áreas como a saúde, segurança, conforto e bem-estar.
Comentários