Gi Group entra em Portugal com investimento de 1 milhão

A multinacional de origem italiana especializada em soluções para o desenvolvimento do mercado de trabalho, Gi Group anunciou a sua entrada em Portugal, com a abertura de escritórios em Lisboa e no Porto. O investimento no biénio 2015-2016 ascende a 1 milhão de euros e na fase inicial, a empresa vai atuar nas áreas de […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A multinacional de origem italiana especializada em soluções para o desenvolvimento do mercado de trabalho, Gi Group anunciou a sua entrada em Portugal, com a abertura de escritórios em Lisboa e no Porto.

O investimento no biénio 2015-2016 ascende a 1 milhão de euros e na fase inicial, a empresa vai atuar nas áreas de recrutamento e seleção, outsourcing de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). No início do próximo ano arranca também com a atividade de trabalho temporário.

“Pretendemos manter um investimento contínuo mas sustentado em Portugal, um mercado que consideramos interessante, oferecendo boas perspetivas de crescimento a curto e médio prazo”, afirma Thomas Marra, responsável pela operação em Portugal, acrescentando ainda que “o grau de maturidade da economia portuguesa e as perspetivas de crescimento permitem que encaremos com otimismo a nossa presença no país”, perspetivando atingir uma faturação de cinco milhões de euros em 2016.

A estratégia delineada para este primeiro ano de presença em Portugal passa pela consolidação dos clientes já existentes e pela angariação de novos. Os principais clientes da empresa são multinacionais de referência, mas toda a Gi Group Portugal estará focada na rede empresarial a operar em território nacional.

Em Portugal, a empresa atuará diretamente e através das suas marcas, Gi Group, Wyser e Qibit. A Gi Group assenta a linha de negócio no trabalho temporário, com o objetivo fornecer soluções customizadas. A Wyser, é a empresa do grupo dedicada ao recrutamento e seleção, especializado de quadros médios e superiores. A QiBit é a empresa de recursos humanos exclusivamente dedicada às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Os seus quadros são consultores  especializados e dedicados, com uma larga experiência na identificação de profissionais das TIC.

OJE

Recomendadas

“Falar Direito”. Renegociação de créditos? Eficácia vai depender do universo que temos pela frente”

Qual será o grau de eficácia do diploma que visa, essencialmente, regular o procedimento de renegociação entre as instituições de crédito e os respetivos clientes? Saiba a resposta do advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, no programa da plataforma multimédia JE TV.

Greve na TAP. Como saber se há lugar a compensações para os passageiros afetados?

Os passageiros podem ter direito a voo de substituição, assim como alimentação, bebida e internet providenciadas pela própria companhia para as eventuais horas de espera adicionais, de acordo com a AirHelp.

Galp Solar e PcComponentes assinam acordo para instalar painéis fotovoltaicos para famílias e empresas

Uma casa com gasto médio de 100 euros mensais de energia pode poupar até 500 euros anuais na fatura da eletricidade, diz a Galp Solar.