PremiumGigantes internacionais concorrem pelo controlo da Aquapor

Para enfrentar uma “guerra” negocial contra o gigante espanhol Aqualia pelo controlo da Aquapor, a bracarense DST poderá ter apoio do fundo EQT.

O sector das redes de fornecimento de águas vai iniciar o ano de 2021 com a disputa da Aquapor. Neste negócio estão em confronto três empresas portuguesas (com interesses diferentes) e o gigante espanhol Aqualia, que já opera em Portugal em Abrantes, Elvas, Campo Maior, Fundão e Cartaxo e que em março de 2018 valia cerca de 2.100 milhões de euros. O controlo da Aquapor – que se intitula “líder de mercado nos sistemas municipais de abastecimento de água e de saneamento e na prestação de serviços de gestão de ETAR” -, está a ser disputado pela bracarense DST, que invocou direito de preferência na aquisição da totalidade da sociedade Criar Vantagens (CV), detentora de 100% da Aquapor.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

EDP Renováveis vende Companhia Paranaense de Energia por 350 milhões de euros

A venda foi feita por um Enterprise Value (inclui dívida) estimado de 1,80 mil milhões de reais a 31 de dezembro de 2021 (o que equivale a 0,35 mil milhões de euros à taxa cambial de 5,16 euros/um real), e que será ajustado à data de conclusão.

Sindicatos desconvocam greve no Metro de Lisboa marcada para quarta-feira

No entanto, a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações entregou um novo pré-aviso de paralisação para 25 de outubro.

Talent Protocol compra empresa canadiana ligada à blockchain

A escolha recaiu sobre a Agora Labs, fundada por um grupo de quatro adolescentes. Matthew Espinoza (agora com 20 anos) e Freeman Zhang (de 19 anos) juntam-se à equipa da startup portuguesa dos ‘tokens’ para profissionais talentosos.
Comentários