PremiumGleba prevê faturar seis milhões em 2022

Diogo Amorim fundou esta empresa em 2016 para fazer pão ‘verdadeiro’ e a procura nunca mais parou de crescer em todo o país.

A Gleba significa ‘terreno próprio para cultivar’. Surgiu como padaria em 2016, em Alcântara, Lisboa, e desde aí tem conquistado clientes e crescido no volume de vendas e no número de lojas, esperando chegar a uma faturação de seis milhões de euros em 2022. “Gleba é uma palavra que simboliza a relação próxima que a nossa padaria tem e quer celebrar com a terra. É o regresso às origens, aos cereais cultivados nos nossos solos, de variedades portuguesas e sustentáveis. A qualidade do pão em Portugal tem vindo a decrescer, principalmente nos grandes centros urbanos. Daí, surgiu a necessidade de abrir a padaria Gleba com o objetivo de fazer o pão mais artesanal e natural, a partir de cereais 100% nacionais”, explica Diogo Amorim, fundador e sócio da Gleba, em declarações ao Jornal Económico.

 

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Startup de biotecnologia alemã angaria 8,5 milhões e vai recrutar em Portugal (com áudio)

“Os produtos da MicroHarvest vão ter várias aplicações, entre as quais, por exemplo, como um ingrediente para as rações de aquacultura”, garante o investidor Carlos Esteban, da sociedade portuguesa Faber.

Estes são os finalistas do Prémio Empreendedorismo e Inovação do Crédito Agrícola

Vegan Bio Foods, Portugal Bugs e Ethical Meat destacaram-se na categoria de Alimentação. Saiba quais são os restantes candidatos a vencedores dos prémios anuais do banco.

Restaurant Brands Iberia notifica Autoridade da Concorrência da compra da Burger King

A notificação da operação de concentração de empresas foi efetuada a 8 de agosto e dá conta da aquisição pela RBI do controlo exclusivo sobre a Iber King Restauração e sobre a Lucra, detidas pelo grupo Ibersol, e sobre um conjunto de estabelecimentos que operam em Portugal e Espanha sobre a marca Burger King.
Comentários