Glovo expande-se nas localidades costeiras para dar resposta aos pedidos de verão

“De Vila Real de Santo António a Esposende”, a marca pretende chegar às zonas costeiras e realizar entregas como se se tratasse das grandes cidades.

Glovo | DR

A Glovo vai voltar a expandir o raio de ação em Portugal, desta vez nas zonas costeiras do país. O objetivo passa por chegar a mais consumidores numa fase particular, em que muitos portugueses estão de férias, revela um comunicado da aplicação de entregas, que deixa uma promessa.

A marca garante que os utilizadores poderão fazer os seus pedidos em locais costeiros “de Vila Real de Santo António a Esposende” com total “comodidade e conveniência”, como se estivessem nas grandes cidades.

Ao longo do último ano, a Glovo lançou-se em quase 40 novas cidades portuguesas e está agora presente num total de 95. Procura disponibilizar “um leque de parceiros cada vez mais diversificado”, sempre com o compromisso de entregar os pedidos em menos de 30 minutos.

A companhia não faz apenas entregas de comida, mas também de parafarmácia, presentes e encomendas personalizadas. A rede está espalhada por 1.400 cidades e 25 países.

Recomendadas

Nestas férias, tome atenção à segurança das crianças nos parques infantis

Os pais e educadores devem indagar e acompanhar o cumprimento do regulamento que estabelece as condições de segurança destes espaços.

Taxas de IVA: qual o IVA para cada tipo de produto?

Os consumidores são obrigados a pagar taxas de IVA em quase tudo. Descubra como este imposto funciona e qual é a taxa aplicada.

Transferência de crédito: o que é, vantagens e novos prazos

Se está a considerar uma transferência de crédito para outra instituição bancária, saiba como são calculados os prazos e veja se é uma boa solução para si.
Comentários