GNR registou três mortos e 633 acidentes em quatro dias da Operação Natal

Três pessoas morreram e 189 ficaram feridas, 20 das quais estão em estado grave, nos 633 acidentes de viação registados pela GNR desde o início da operação Natal-Ano Novo de 2020, na quarta-feira, até às 00:00 deste domingo.

Segundo fonte oficial da GNR, além dos três mortos foram também registados 20 feridos graves e 169 pessoas com ferimentos ligeiros.

Os militares da guarda detetaram ainda 123 infrações rodoviárias por excesso de álcool durante a condução, 1.595 condutores em excesso de velocidade, 136 infrações por falta de uso do cinto de segurança e sistema de retenção de crianças e 142 por utilização indevida do telemóvel.

A GNR intensificou o patrulhamento rodoviário entre quarta-feira e o dia 04 de janeiro na Operação Natal-Ano Novo.

Em contexto de pandemia, a GNR alerta os condutores para que se abstenham de ações, atitudes e comportamentos que possam aumentar a propagação do novo coronavírus, devendo seguir as orientações da Direção-Geral da Saúde.

Recomendadas

Cada português desperdiça 183 quilos de alimentos por ano e isso é intolerável, diz Isabel Jonet

Os dados, oficiais e pela primeira vez divulgados, referem-se a 2020 e indicam que nesse ano foram desperdiçadas em Portugal 1,89 milhões de toneladas de alimentos, pelo que cada português desperdiçou em média 183,6 quilos de alimentos.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Trabalhadores do Metropolitano de Lisboa fazem greve de 24 horas em 12 de outubro

“Vamos fazer uma greve no dia 12, de 24 horas”, indicou Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).
Comentários