Governo anuncia prolongamento de apoio extraordinário de 60 euros a famílias carenciadas

A Deco aplaude a manutenção deste apoio, mas alerta que 60 euros é um montante claramente insuficiente perante os valores que uma família gasta em média nas suas compras mensais, sobretudo neste cenário de aumento de preços.   

No último Conselho de Ministros realizado dia 23, o Governo Português aprovou a dilatação do apoio de 60 euros às famílias mais carenciadas.

Este montante será pago uma só vez para compensar a perda de poder de compra dos próximos três meses.

A Deco aplaude a manutenção deste apoio, mas alerta que 60 euros é um montante claramente insuficiente perante os valores que uma família gasta em média nas suas compras mensais, sobretudo neste cenário de aumento de preços.   

Recordamos que o apoio extraordinário de 60 euros pago no mês de abril às famílias beneficiárias de tarifa social de eletricidade tinha sido alargado a todas os agregados titulares de prestações sociais mínimas e pago a 27 de maio a quem não têm acesso à referida tarifa social.

Porém, já nesse momento a DECO defendia alterações a esta medida, tendo apresentado diversas reivindicações junto do Governo. Relembramos essas revindicações da nossa Associação:

  • uma prorrogação deste apoio enquanto se mantiver a situação de aumento de preços. Reivindicação agora cumprida, mas apenas para três meses e não até, pelo menos, o final do ano de 2022.
  • uma maior abrangência deste apoio, designadamente para as famílias que tiveram uma quebra de rendimentos superior a 20% face aos rendimentos do mês anterior ou do período homólogo do ano anterior e também para as famílias numerosas, cujo agregado familiar seja composto por 5 ou mais pessoas;
  • um ajuste mensal do valor de 60 euros, estabelecido face às previsões de inflação, como o preço de um cabaz de bens essenciais.

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e Youtube!

Recomendadas

Nova lei das telecomunicações protege consumidores que querem cancelar um contrato (com áudio)

De acordo com a nova lei, publicada dia 16 deste mês, esta situação será modificada. A nova lei prevê que nos casos em que o motivo se trata de desemprego, doença prolongada ou emigração, os consumidores poderão rescindir o contrato sem ter que efetuar qualquer pagamento.

Tome atenção aos falsos intermediários de créditos

É importante que o consumidor redobre os seus cuidados e que procure por estar sempre informado. Esteja atento a estas abordagens e na dúvida, antes da celebração de qualquer negócio, o consumidor deve analisar se a entidade em questão está habilitada a exercer a sua atividade em Portugal através do site do Banco de Portugal.

Gasolina vendida 1,8 cêntimos e gasóleo 2,2 cêntimos acima da referência

A média dos preços nas gasolineiras ficou, na semana entre 08 e 14 de agosto, no caso da gasolina, 1,8 cêntimos e no gasóleo 2,2 cêntimos acima do preço médio semanal determinado pela ERSE, segundo a entidade.
Comentários