Governo aprova pacote fiscal de investimento de 937 milhões de euros (com áudio)

Este pacote tem um crédito fiscal máximo de 92 milhões de euros e vai permitir a criação de 1.886 novos postos de trabalho até 2027.

Cristina Bernardo

O Governo português aprovou um pacote de 26 contratos fiscais de investimento que representam um investimento total de 937 milhões de euros na economia portuguesa. A informação foi revelada pelo ministro de Estado e das Finanças, João Leão, no briefing do Conselho de Ministros realizado esta quarta-feira, 29 de dezembro.

Este pacote tem um crédito fiscal máximo de 92 milhões de euros e vai permitir a criação de 1.886 novos postos de trabalho até 2027 e a manutenção dos atuais 9.442 empregos, abrangendo ainda projetos de investimento produtivo, distribuídos pelo território e com forte representação da indústria transformadora distribuídos pelo território nacional.

“Este pacote de investimento de quase mil milhões de euros é muito importante para o crescimento da economia portuguesa e reforço da sua competitividade. Estes 26 projetos de investimento demonstram a enorme confiança que as empresas têm na recuperação da economia portuguesa ao comprometerem-se com investimentos desta dimensão”, referiu João Leão.

O ministro de Estado e das Finanças salientou ainda que este tipo de investimentos faz com que entidades como a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) “estimem que no próximo ano, Portugal, seja mesmo o país com maior crescimento económico entre os 38 países membros da OCDE”.

Recomendadas

Há sete anos que o desemprego jovem é mais do dobro da taxa global, alerta estudo

Desde 2015 que o desemprego jovem é mais de 2,5 vezes superior ao desemprego total. Livro Branco recomenda nomeadamente reestruturação do sistema produtivo e melhoria da articulação entre o ensino e o mercado laboral.

Fitch revê em alta crescimento da zona euro para 0,2% em 2023, piora PIB mundial

A Fitch reviu “ligeiramente o crescimento da zona euro para 0,2%” em 2023, face a uma contração de 0,1% anteriormente, mas alterou para pior as estimativas a nível mundial, com o PIB a crescer 1,4%.

Crise/Energia: Preço médio semanal da ERSE sobe 0,9% para gasóleo e 1,0% para gasolina

O preço médio semanal dos combustíveis, calculado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), aumenta, esta semana, 0,9% para o gasóleo e 1,0% para a gasolina, segundo um relatório hoje divulgado pela entidade.
Comentários