Governo aprova venda de participações da CGD em três sociedades

O Governo aprovou hoje a venda das participações sociais detidas pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) no capital social das sociedades Mercantile Bank Holdings Limited, Banco Caixa Geral e Banco Caixa Geral — Brasil.

Segundo o comunicado do Conselho de Ministros de hoje, os processos de alienação serão “feitos por via da transmissão da totalidade ou parte das ações representativas das participações sociais detidas pela CGD no capital social de cada uma das sociedades referidas, na modalidade de venda direta a um ou mais investidores”.

Em causa estão a Mercantile Bank Holdings Limited, sociedade de direito sul africano, o Banco Caixa Geral, de direito espanhol, e o Banco Caixa Geral — Brasil, de direito brasileiro.

“Este diploma contribui para o reforço da solidez financeira do banco público, bem como para o cumprimento do plano estratégico que se encontra subjacente ao plano de capitalização da CGD, correspondendo, nessa medida, à prossecução do interesse público”, lê-se no comunicado.

O Governo acrescenta que “concretiza, assim, mais um importante passo no sentido da execução do plano estratégico da CGD, subjacente ao plano de capitalização assegurado pelo Estado”.

Recomendadas

FMI estima que a espiral de salários-preços ainda é um “risco limitado”

A ausência de uma espiral preços-salários não deve levar os líderes a não agirem para combater a inflação persistente, considera ainda o Fundo Monetário Internacional.

Compra de carros de luxo pela TAP “é um problema de bom senso”, diz Marcelo Rebelo de Sousa

“Já falei em relação a várias entidades públicas no passado e em relação à distribuição de dividendos e em relação aos salários e entendo que quando se está num período de dificuldade deve fazer-se um esforço para dar o exemplo de contenção”, defendeu hoje Marcelo Rebelo de Sousa.

Albergaria investe 3,7 milhões de euros na zona industrial para captar investimento e criar emprego

O município “tem realizado um forte investimento no desenvolvimento económico, dinamizando o sector empresarial e a economia local” nos últimos anos, segundo António Loureiro, Presidente da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha.
Comentários