Governo da Madeira assina protocolo com ACAPORAMA para ‘Cantar os Reis’

Este protocolo de cooperação e desenvolvimento tem o valor de 15 mil euros. O evento é integrado no programa de Festas de Fim de Ano da Madeira.

Este protocolo de desenvolvimento e cooperação assinado entre o Governo Regional e as Casas do Povo da Região Autónoma da Madeira (ACAPORAMA), para o evento ‘Cantar os Reis’, que é integrado nas Festas de Fim de Ano, é justificado por esta festividade fazer parte dos principais cartazes turísticos da Madeira.

Devido a isso o executivo vai desembolsar 15 mil euros para o ‘Cantar os Reis’ da ACAPORAMA. 10 mil e 500 euros são entregues após a assinatura do protocolo e os restantes 4 mil e 500 euros após a entrega do relatório final.

Para o executivo o programa apresentado pela ACAPORAMA, no Jardim Municipal, é um pólo de animação turística e também de promoção do destino Madeira.

Recomendadas

Comprar presentes de Natal a crédito é uma boa opção? Saiba aqui

É fácil comprar usando o cartão de crédito ou contratando um crédito. No caso do empréstimo pessoal, este crédito é chamado de fácil aprovação, mas não é barato.

Reputação!

Num mundo que todos dizem pretender agregar, ainda que alguns o façam pela lei da força, a Union Jack apostou no afastamento! Se o Reino Unido fosse submetido a uma página de feedback do Amazon ou do Aliexpress, receberia 1 estrela, por engano ao cliente e principalmente por mentira “in House”.

Funchal: PAN critica “tiques de absolutismo” de PSD e CDS-PP

O partido diz que o Orçamento Municipal do Funchal, que foi aprovado na Assembleia Municipal, permite concluir que estamos perante uma vereação “sem rasgo, sem ideias, conduzida por um presidente de Câmara, Pedro Calado, cuja capacidade de resolução de problemas já é considerada, por um número crescente e cada vez maior de habitantes do Funchal, como uma desilusão”.
Comentários