Governo da Madeira confirma 18 casos com nova estirpe de Covid-19 identificada no Reino Unido

Os 18 casos positivos resultaram das 21 análises que a região enviou para o Instituto Ricardo Jorge, quando se soube do aparecimento desta nova estirpe, no Reino Unido, de coronavírus. O líder do executivo madeirense disse que nesta altura não tem informação sobre quando vão chegar as primeiras vacinas contra o covid-19 à região, mas se chegarem amanhã a vacinação pode iniciar-se seis horas após o descongelamento da vacina.

O presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, confirmou que já foram identificados 18 casos positivos de coronavírus, vindos da nova estirpe identificada no Reino Unido, em declarações à comunicação social, esta segunda-feira. 17 tiveram proveniência do Reino Unido e um da região de lisboa e vale do tejo.

O governante diz que esses 18 casos positivos resultaram das 21 análises que a região enviou para o Instituto Ricardo Jorge, quando se soube que foi identificada uma nova estirpe do covid-19 no Reino Unido.

Destes 18 casos, Albuquerque assegurou que todos estiveram em isolamento profilático.

O governante confirmou também que existiu um caso de dois cidadãos ingleses, que se recusaram a cumprir isolamento e a fazer o testes ao covid-19, e acabaram por “voltar para trás”.

Sobre este caso em particular Albuquerque disse que na região “é para cumprir as regras”.

Sobre as vacinas o presidente do executivo madeirense disse que nesta altura “não tem informação” sobre quando vão chegar à Madeira as primeiras doses. Contudo o governante garantiu que se as vacinas chegarem amanhã à região, e depois de iniciado o processo de descongelação, e que em seis horas se pode iniciar a vacinação.

Albuquerque disse que o técnico da Pfizer já está na região, e que existe a hipótese de a vacina poder chegar até quinta-feira.

atualizado às 13:14

 

Recomendadas

Madeira: Movimento de passageiros nos aeroportos da Região cresceu cerca de 40% face a 2019

No aeroporto da Madeira, e no mês em análise, o tráfego de passageiros distribuiu-se equitativamente entre o tráfego doméstico (47,4% do total) e o tráfego internacional (52,6%).

Funchal: Aldeia de Natal abre a 9 de dezembro com regresso do comboio e prolongamento do horário de funcionamento

Outro aspeto destacado por Cristina Pedra foi a renovação do design e imagem da Aldeia de Natal e que inclui uma árvore de Natal de nove metros, bem como diversos pinheiros naturais, que  quando acabar o evento voltarão ao Parque Ecológico do Funchal.

Madeira: Aprovado relatório da Comissão de Inquérito à linha de crédito INVEST-RAM

O relatório mereceu os votos favoráveis PSD e do CDS-PP, os votos contra do PS, partido proponente do inquérito, e a abstenção do PCP.
Comentários