Governo já lançou oito concursos de aquisição de equipamentos para a GNR e PSP

O diploma de 607 milhões de euros em investimentos nas Forças e Serviços de Segurança até 2026 foi aprovado no dia 28 de julho em sede de Conselho de Ministros. 

Cristina Bernardo

O Ministério da Administração Interna (MAI) já lançou, um mês após a aprovação do plano de 607 milhões de euros em investimentos nas Forças e Serviços de Segurança até 2026, oito concursos de aquisição de equipamentos para a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP).

Em comunicado, o MAI informa que os concursos – dos quais quatro já publicados e quatro em vias de publicação em Diário da República –, no valor total de 3,1 milhões de euros, abrangem equipamentos para funções especializadas, de apoio à atividade operacional e melhoria das condições de trabalho da forças de segurança.

Os concursos já lançados e publicados, correspondentes a 1,9 milhões de euros, incluem a compra de mobiliário para vários postos territoriais da GNR. “Para o reforço da segurança rodoviária, vão ser também adquiridos monóculos e equipamentos de visão noturna, alcoolímetros, cinemómetros e tacógrafos, para a Guarda e PSP”, indica a nota.

Em vias de publicação estão os concursos relativos à aquisição de máquinas de recolha de imagens, balanças e equipamento de apoio à atividade operacional para a GNR e a PSP.

“O novo diploma destina 236 milhões de euros para infraestruturas, abrangendo também a aquisição de viaturas (64 milhões de euros), armamento (11,5 milhões), tecnologias de informação e comunicação (250 milhões), equipamentos de proteção individual (15 milhões), de apoio à atividade operacional (5 milhões) e para funções especializadas (22 milhões)”, lê-se no documento.

O diploma de investimentos plurianuais em infraestruturas e equipamentos das Forças de Segurança foi aprovado no dia 28 de julho em sede de Conselho de Ministros.

“Estes investimentos na modernização da GNR e da PSP – que também contribuem para a sua atratividade e consequente rejuvenescimento – dão sequência aos mais de 340 milhões de euros executados entre 2017 e 2021, ao abrigo da Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos para as Forças e Serviços de Segurança”, conclui o comunicado.

Recomendadas

João Cotrim de Figueiredo no regresso do Clube dos Pensadores

Líder do Iniciativa Liberal está no Porto para o regresso do Clube dos Pensadores, um grupo de debate enraizado na sociedade civil por onde já passaram quase todos os líderes políticos nacionais.

Ministro da Saúde quer reinício das negociações com sindicatos ainda em outubro

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, disse hoje em Coimbra que o regresso às negociações com os sindicatos dos médicos e enfermeiros “de outubro não passará”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.
Comentários