Governo nega que Domingues tivesse informação privilegiada antes de ser nomeado para a CGD

Executivo nega que o agora presidente da CGD estivesse na posse de informação privilegiada.

Cristina Bernardo

Na quarta-feira, a Comissão Europeia confirmou ter-se reunido com o atual presidente da CGD para debater a recapitalização do banco público quando este ainda não tinha sido nomeado para o cargo e pertencia ainda aos quadros do BPI.

Em declarações citadas hoje pela rádio TSF, o secretário de Estado Adjunto, do Tesouro e Finanças disse que a primeira reunião aconteceu a 24 de março, quatro dias depois ser alcançado o acordo de princípio entre o governo e António Domingues para que o antigo administrador do BPI liderasse a CGD.

Ricardo Mourinho Félix explicou à TSF que “nesse dia, em Frankfurt, o agora líder do banco público acompanhou o Ministério das Finanças, como convidado, num encontro com Daniele Nouy, presidente do mecanismo único de supervisão europeu – o braço do BCE para a supervisão”.

A TSF diz ainda que a duas semanas depois, a 7 de abril, aconteceu nova reunião, desta vez em Bruxelas com a Direção-Geral de Concorrência (DGCOMP), mas sem a presença da comissária europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager, que nesta quarta-feira disse que a equipa que lidera reuniu com António Domingues, embora não tenha deixado claro se ela própria esteve presente nas conversações.

Nestes encontros, garante o secretário de Estado, António Domingues não estava na posse de qualquer informação privilegiada sobre o banco.

Recomendadas

Inflação. Centeno aponta para preços mais altos e menos temporários que esperado

O governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, admitiu hoje que a inflação vai ser mais elevada e menos temporária, apontando para uma revisão em alta da taxa nas próximas projeções do banco central.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.

Plano de poupança de energia. Estado aconselhado a desligar iluminação de edifícios e a lavar menos carros

Governo deixa várias recomendações de poupança de energia nos serviços e edifícios do Estado. Saiba quais.
Comentários