Governo português limita entrada de passageiros de voos provenientes do Reino Unido

Em comunicado do Ministério da Saúde, pode ler-se a partir desse período “apenas são autorizados a entrar em território nacional os passageiros de voos provenientes do Reino Unido que sejam cidadãos nacionais ou cidadãos legalmente residentes em Portugal”.

O Governo português divulgou este domingo que irá limitar os voos provenientes do Reino Unido a partir das 00h00 desta segunda-feira na sequência da evolução da situação epidemiológica no Reino Unido.

Em comunicado do Ministério da Saúde, pode ler-se a partir desse período “apenas são autorizados a entrar em território nacional os passageiros de voos provenientes do Reino Unido que sejam cidadãos nacionais ou cidadãos legalmente residentes em Portugal”

Mais informa que o Governo que “estes passageiros têm de apresentar, à chegada a Portugal, comprovativo de realização de teste laboratorial para rastreio da infeção por SARS-CoV-2, com resultado negativo”.

Explica o Executivo que “os cidadãos que não sejam portadores de comprovativo de realização de teste laboratorial com resultado negativo são encaminhados pelas autoridades competentes, à chegada a território nacional, para a realização do referido teste no interior do aeroporto, através de profissionais de saúde habilitados para o efeito” e que “neste caso, os cidadãos terão de ficar em isolamento nos termos definidos pelas autoridades de saúde”.

Mais informa o Governo que, até ao momento, “em Portugal, não se confirma a circulação desta variante do SARS-Cov-2 identificada no Reino Unido, de acordo com os dados obtidos até ao momento pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge que já englobam análise de amostras do mês de novembro e da segunda vaga”.

Relacionadas

PSD quer medidas urgentes por parte do Governo para impedir chegada a Portugal da nova estirpe de Covid-19

Os ‘laranjas’ pedem urgência nas medidas de controlo ao fluxo de pessoas entre Portugal e o Reino Unido, lembrando as atitudes tomadas imediatamente pelos Governos belga e holandês. Países Baixos, Dinamarca, Itália e África do Sul já confirmaram casos de infeção com esta nova estirpe, que se suspeita poderá ser 70% mais contagiosa.

Porta fechada ao Reino Unido. Estes são os países europeus que já aplicaram restrições de viagens aos britânicos

Vários países europeus agiram rapidamente a bloquear ou condicionar fortemente as viagens entre os seus territórios e o Reino Unido, depois da descoberta de uma nova estirpe do coronavírus que poderá ser 70% mais contagiosa. Portugal mantém-se sem alterações às medidas relativas àquele território.

Centro europeu de doenças pede esforços à Europa para controlar nova variante

“Dado que não existem atualmente provas que indiquem até que ponto a nova variante do vírus se está a propagar fora do Reino Unido, são necessários esforços atempados para prevenir e controlar a sua propagação”, exorta o ECDC, num relatório hoje publicado sobre o aumento rápido de casos no Reino Unido desta nova variante da covid-19.
Recomendadas

Associação dos municípios aprova acordo para descentralização na ação social

Com este acordo, “no próximo ano, a transferência de competências tornar-se-á universal”, segundo a ANMP.

Adjudicados últimos seis lotes do concurso para fornecimento de serviços à rede SIRESP

O concurso para fornecimento de serviços à rede de emergência SIRESP foi concluído na segunda-feira, antes do prazo, com a adjudicação dos restantes seis lotes, anunciou hoje a empresa que gere o sistema.

MyCloma Fest XMAS Edition regressa este fim-semana ao Porto

Fundada por quatro jovens em 2020, a MyCloma é uma plataforma portuguesa de compra e venda de roupa em segunda mão, uma aposta num modelo de economia circular, que visa combater o desperdício têxtil enquanto que ajuda a prolongar o ciclo de utilização dos bens. 
Comentários