Governo quer continuar a realizar leilões de energia solar nos próximos dois anos

O Executivo de António Costa volta a reafirmar que vai mesmo encerrar as duas centrais a carvão existentes em Portugal até 2023: a do Pego e a de Sines.

Depois do primeiro leilão de energia solar, que teve lugar em julho, o Governo quer continuar a lançar vários programas até 2021 com o objetivo de aumentar em dois gigawatts a capacidade de energia solar fotovoltaica.

“Aumentar a capacidade de produção de energia solar em dois gigawatts nos próximos dois anos, dando continuidade aos leilões de capacidade para novas centrais solares fotovoltaicas, estabelecendo para o efeito um programa plurianual”, pode-se ler nas Grandes Opções do Plano divulgadas esta segunda-feira.

No primeiro leilão de energia solar realizado este ano, foram atribuídos 1.400 megawatts (MW). O Governo já revelou que pretende avançar com um novo leilão de 600 MW no início de 2020.

Nas Grandes Opções do Plano, o Executivo de António Costa volta a reafirmar que vai mesmo encerrar as duas centrais a carvão existentes em Portugal.

“Preparar o fim da produção de energia elétrica a partir de carvão, dando início a esse processo durante a legislatura, com vista ao encerramento ou reconversão das centrais termoelétricas do Pego, até 2021 [pertencente à Tejo Energia], e de Sines [pertencente à EDP], até 2023”,

Recomendadas

Caixa realiza Simulacro anual no edifício Sede

“O exercício teve a participação de 3 mil pessoas que se encontravam no edifício à hora do simulacro”, diz a CGD.  

Sindicato diz que contraproposta de aumentos salariais da Altice fica aquém do pretendido

A proposta da Altice consiste num aumento de 2% para valores base abaixo de 1.300 euros, garantindo um vencimento mínimo de 800 euros e de 1% para valores base entre os 1.300 euros e os 2.300 euros.

Anchorage Digital renova escritório do Porto porque “equipa em Portugal tem crescido muito”

A tecnológica liderada por Diogo Mónica, que está a comemorar cinco anos no negócio dos criptoativos, vai reabrir as portas do espaço que tem na cidade Invicta na próxima semana.
Comentários