Governo recebe candidatura do rio Minho à UNESCO

Projeto transfronteiriço resulta de uma aposta conjunta das Câmaras de Caminha (Portugal) e a La Guardia (Espanha).

Foi esta segunda-feira apresentada ao Governo português a candidatura do estuário do rio Minho a Paisagem Cultural da UNESCO. O processo, iniciado em 2015, junta as Câmaras de Caminha (Alto Minho) e a La Guardia (Galiza), em torno do “reconhecimento mundial de um património comum”.

A candidatura foi entregue ao Ministro da Cultura, Castro Mendes, que deve agora decidir, “depois de ouvidas todas as instituições, se a proposta tem mérito e deve ser colocada junto da lista nacional indicativa da UNESCO”, afirma a câmara de Caminha, em comunicado.

“Temos muita confiança de que Portugal e Espanha possam assumir esta candidatura que cremos ter todas as condições para sair vitoriosa”, afirma o autarca socialista, Miguel Alves.

À margem da celebração do memorando de entendimento que deu início ao projeto conjunto, em novembro do ano passado, Miguel Alves terá descrito esta candidatura como “uma grande aposta dos dois municípios que acreditam que a riqueza histórica, cultural, paisagística, ambiental, económica, etnográfica e humana desta zona comum”.

De acordo com a UNESCO, existem atualmente 1.031 sítios e lugares que detêm o estatuto de “Património Mundial”. Desses, 802 são de caráter cultural, 197 naturais e 32 mistos.

No entanto, “só existem quatro paisagens culturais com caráter transfronteiriço nestes números, relativos às fronteiras entre Espanha e França, Áustria e Hungria, Alemanha e Polónia e Rússia e Lituânia”, sustenta Miguel Alves.

Recomendadas

Costa anuncia reforço de 1100 efetivos para os quadros da PJ até 2026

António Costa fez este anúncio na parte final do seu discurso na cerimónia de aceitação de 97 novos inspetores da PJ, em Lisboa, numa sessão em que também usaram da palavra o diretor nacional desta polícia, Luís Neves, e a ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro.

BNP Paribas Cardif apoia parceria entre Gasol e Santa Casa para prevenir obesidade infantil

A empresa de seguros é responsável pelo financiamento desta iniciativa em Portugal, “dentro do projeto global de prevenção e redução da obesidade infantil”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.
Comentários