Grândola oferece autocarro para transporte escolar a município de Cabo Verde

“A nossa preocupação é a educação, saúde e a inclusão social, e fazer de tudo para que todos estejam integrados, independente da sua condição física, económica, raça ou credo”, referiu o autarca de Tarrafal, na ilha de Santiago.

A Câmara Municipal do Tarrafal, na ilha cabo-verdiana de Santiago, recebeu um autocarro novo de 32 lugares da congénere portuguesa Grândola, que vai reforçar a frota de transporte escolar. Trata-se, segundo o presidente do concelho do Tarrafal, José Nunes Soares, de uma oferta que além de reforçar o serviço de transporte escolar, vai ainda servir a cultura e a juventude.

Com essa entrega, lembrou, que a edilidade está a cumprir a promessa de que o município ia ter dois autocarros a funcionar nesse ano letivo 2019/2020 para o transporte escolar. Na ocasião, o autarca anunciou a chegada de mais um autocarro e duas ambulâncias para servir Tarrafal e toda região Norte da ilha de Santiago, e ainda de um camião de combate a incêndio.

Relativamente ao camião de combate a incêndio, informou que o mesmo, de momento, se encontra no Porto da Praia, reforçando que assim como o transporte escolar, esta é uma outra preocupação e necessidade desse município. “A nossa preocupação é a educação, saúde e a inclusão social, e fazer de tudo para que todos estejam integrados, independente da sua condição física, económica, raça ou credo”, conclui o edil tarrafalense.

Por sua vez, o vereador da Câmara Municipal de Grândola Fernando Sardinha disse que a entrega desse autocarro representa o contributo do seu município para o desenvolvimento do Tarrafal. Aliás, lembrou, que os dois municípios partilham muitas características e potencialidades no sector do turismo, e que também têm vários problemas e desafios comuns.

A cerimónia, em que estiveram presentes alunos, professores e pais e encarregados de educação, contou, de entre outras, com a intervenção da delegada do Ministério da Educação, Judite Costa, que manifestou a sua satisfação em nome de toda a comunidade educativa.

Esta doação, segundo esta responsável, vai ter um “impacto grande” para a educação nesse concelho, tendo em conta as dificuldades que os alunos têm para chegar as escolas, referindo-se a dispersão das localidades e dificuldades financeiras dos pais e encarregados de educação.

Daí, que aproveitou a presença dos alunos para pedi-los para se esforçarem e se dedicarem mais, isto porque, lembrou, o retorno que se espera é o sucesso deles. O município português entregou ainda ‘kits’ escolares e materiais desportivos à edilidade tarrafalense.

Recomendadas

Cabo Verde quer cortar perdas de eletricidade na rede pública em 5,5 pontos em 2023

O Banco Europeu de Investimento vai financiar com 110 milhões de escudos (um milhão de euros) um programa para reduzir em 5,5 pontos percentuais as perdas de eletricidade na rede pública de distribuição em Cabo Verde em 2023, segundo o Governo.

CPLP: presidente da Guiné Equatorial à frente das contagens com 99,7% dos votos

A oposição denúncias fraude em massa e o único partido da oposição recusa reconhecer a vitória do líder octogenário, Teodoro Obiang. Há um mês, a CPLP congratulava-se com a integração do país como “Estado de pleno direito”.

Cabo Verde. Presidente assinala primeiro ano de mandato com críticas à crispação e avisos ao Governo

O Presidente da República cabo-verdiana, José Maria Neves, criticou hoje a “crispação” que permanece na política nacional, alertou que os tempos atuais “exigem consensos” e avisou que não é oposição, mas também não é “claque” do Governo.
Comentários