Green One Capital e Riverview Capital querem captar 100 milhões de euros para investir em Portugal

O Growth Fund destina-se a ser apresentado tanto a investidores Golden Visa como investidores institucionais internacionais, que queiram investir em Portugal, prevendo-se as primeiras subscrições de dez investidores em fevereiro de 2022.

A Green One Capital e a Riverview Capital, assinaram esta quinta-feira, dia 23 de dezembro, um acordo de cooperação para o lançamento do novo fundo de private equity ‘Growth Fund’, cujo objetivo é captar 100 milhões de euros dos mercados internacionais, para investir em Portugal.

O fundo, que terá como focos principais o Alentejo e Lisboa, quer direcionar o investimento para os sectores do turismo, hospitalidade e residencial. Entre as oportunidades de investimento apresentadas, destaca-se um projeto em desenvolvimento e mais dois projetos com arranque esperado na segunda metade de 2022. Segundo as empresas, a estratégia passa por criar um portfólio que dá prioridade à segurança e estabilidade do investidor, ao mesmo tempo que permite a distribuição de rendimentos do fundo, “o mais cedo possível”, garantem as empresas.

Aprovado e regulado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Growth Fund destina-se a ser apresentado tanto a investidores Golden Visa como investidores institucionais internacionais, que queiram investir em Portugal, prevendo-se as primeiras subscrições de dez investidores em fevereiro de 2022.

A administração do fundo estará a cargo da Green One Capital — sociedade de capital de risco, que opera em Portugal desde 2016, detida pelo Emerald Group e que sofreu um reposicionamento estratégico.

O promotor, Riverview Capital, é uma empresa irlandesa de investimento financeiro e imobiliário com mais de 75 anos de experiência, concentrada no desenvolvimento ativo de projetos residenciais e hoteleiros em Portugal e Espanha.

Segundo James Ferris, da Riverview Capital “o Fundo Growth é o resultado do amadurecimento dos investimentos que temos vindo a fazer e reflete o compromisso do Grupo com Portugal enquanto jurisdição de investimento.”

Por sua vez, Pedro Jordão, administrador da Green One Capital, acrescenta que o grupo ficou “particularmente sensibilizado pela confiança depositada e possibilidade de desenvolver um conjunto de projetos com impacto no nosso mercado, com uma empresa com quem partilhamos uma visão clara e objetiva dos projetos, como a Riverview”.

Recomendadas

Musk espera que o chip cerebral da Neuralink comece testes em humanos em seis meses

O dispositivo que promete permitir que pacientes com deficiência se movam e comuniquem novamente, bem como restaurar a visão, está atrasado. Em 2019, Musk pretendia receber a aprovação regulatória até ao final de 2020. Depois, que esperava iniciar os testes em humanos em 2022. Agora, o prazo foi alargado para o primeiro semestre de 2023.

Moody’s diz que bancos mais globais vão ter lucros sólidos em 2023

“Os bancos globais estarão protegidos de um aumento da morosidade do crédito em 2023 através do aumento das taxas de juro e de balanços sólidos, e as perspectivas para o sector permanecem estáveis”, disse hoje a Moody’s.

Compras das festividades aconteceram mais cedo e serão maiores este ano, segundo a Meta

Alguns dos motivos que podem explicar este acontecimento é o facto de os consumidores estarem preocupados com a escassez de bens, antecipando a compra dos presentes desejados, enquanto as empresas com excesso de stock procuraram eliminá-lo com grandes descontos.
Comentários