PremiumGreenvolt já foi aos mercados financiar-se em 500 milhões

No espaço de 20 meses, a energética realizou o encaixe em quatro diferentes operações. Na mais recente, estreou-se junto dos pequenos investidores e não descarta repetir a fórmula no futuro.

No seu curto tempo de vida, a Greenvolt já foi aos mercados financiar-se em 500 milhões de euros. Criada em março de 2021, a empresa liderada por João Manso Neto regista apenas 20 meses de vida, mas que têm sido muito intensos.

A marca dos 50 milhões foi atingida esta semana com a conclusão da emissão obrigacionista de greenbonds no valor de 150 milhões de euros, em que a procura superou em 26% a oferta. O financiamento foi obtido junto de quase cinco mil pequenos investidores em obrigações verdes com uma taxa fixa de juro bruto de 5,2%, com maturidade em 2027.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumMercados somam e seguem

Índices acionistas encerram em alta em novembro, somando segundo ganho mensal consecutivo.

Premium“Os nossos alunos não têm ‘apenas’ emprego, têm escolhas”

O ISEL cobre todas as áreas da Engenharia no ensino e investigação. Segundo o seu presidente, Portugal tem de ultrapassar o preconceito do ensino politécnico e investir mais na atratividade salarial.

PremiumUcrânia à espera do inverno e dos mísseis norte-americanos Patriot

A NATO não parece disposta a enviar os mísseis para a Ucrânia, e a Rússia já avisou que, se isso acontecer, tirará as devidas ilações.
Comentários