Greta Thunberg libertada pela polícia alemã depois de ter sido detida num protesto

Na terça-feira a ativista foi presa durante um protesto na Alemanha contra a expansão de uma mina de carvão, mais tarde nesse dia foi libertada, segundo informou nas suas redes sociais.

Greta Thunberg foi presa durante um protesto contra a expansão de uma mina de carvão na aldeia de Lützerath, na Alemanha. No entanto, a policia alemã já admitiu que a ativista foi libertada, segundo a “CNN”.

A ativista fazia parte de um grupo de protestantes que têm resistido à expansão da mina de carvão . Na terça feira este grupo conseguiu ultrapassar a barreira da polícia e invadiram uma das minas, a qual a polícia não conseguiu proteger devidamente.

“Ontem fiz parte de um grupo que protestou pacificamente contra a expansão de uma mina de carvão na Alemanha”, disse a ativista, acrescentando, “fomos repreendidos pela polícia e depois detidos, mas fomos liberados mais tarde naquela noite”.

A polícia tem removido centenas de protestantes desde quarta-feira passada, sendo que muitos realizam os protestos há mais de dois anos, ocupando as casas abandonadas por ex-residentes depois destes terem sido despejados, principalmente em 2017. Esta expansão faz parte de um acordo que o governo alemão fez com a empresa de energia RWE, proprietária da mina, em troca do fim do uso de carvão até 2030, em vez de 2038.

Recomendadas

Terreno da antiga refinaria da Galp em Matosinhos está contaminado, diz APA

A parcela do terreno da antiga refinaria da Galp em Matosinhos que a empresa pretende ceder à câmara para a Cidade da Inovação tem os solos e as águas subterrâneas contaminadas, revelou hoje à Lusa a APA.

Cerca de 3,6 mil milhões de pessoas estão vulneráveis ao aquecimento global

Se a situação não for invertida, em 20 anos ultrapassaremos os 1,5 ºC, o que provocaria a subida do nível do mar, mais chuvas e secas extremas, ondas de calor e temperaturas extremas.

Governo realiza audição pública de propostas das zonas para energia renovável offshore

A audição é aberta a todos os cidadãos, organizações, entidades, municípios que queiram apresentar sugestões.
Comentários