Greve do Metro do Porto desconvocada

A greve dos profissionais da ViaPorto ao serviço da Metro teve na segunda-feira uma “adesão entre os 98% e os 99%”, levando a uma paralisação quase total.

A greve na Metro do Porto, marcada para os dias 17 e 31 de dezembro, foi desconvocada depois de a empresa ter chegado a acordo com o Sindicato dos Maquinistas de Caminho-de-Ferro, anunciou hoje aquela estrutura.

A greve dos profissionais da ViaPorto ao serviço da Metro teve na segunda-feira uma “adesão entre os 98% e os 99%”, levando a uma paralisação quase total.

Os profissionais ao serviço da Metro do Porto reclamavam uma “redução do horário normal de trabalho de 40 para 35 horas”, relatou então o sindicalista Rui Pedro Pinto.porto

A isto, somava-se a reivindicação da admissão de “20 a 30 novos trabalhadores” para “colmatar as horas extras” pedidas aos funcionários “quase diariamente”.

Os trabalhadores pediam ainda o “direito a férias” que não “conseguem gozar” devido à necessidade de cumprirem trabalho extra, disse Rui Pedro Pinto.

Segundo o sindicalista, os funcionários da ViaPorto pediam também a “formação” a que têm direito e que “a empresa não consegue dar há cerca de oito anos”, por “falta de tempo disponível dos trabalhadores”.

Rui Pedro Pinto admitiu então estar também em cima da mesa de negociações um “aumento salarial”, mas recusou que fosse o “fator mais importante”.

A paralisação dos condutores afetos à ViaPorto, empresa que tem a concessão da operação da Metro do Porto, foi convocada pelo Sindicato dos Maquinistas.

Relacionadas

Novas estações do metro de Lisboa e do Porto aprovadas

Na capital, a linha amarela e a verde vão ser ampliadas e haverá duas novas estações (Estrela e Santos). Na ‘Invicta’, os passageiros vão poder usar uma nova linha: a rosa.

Greve vai parar Metro do Porto esta segunda-feira

Não foram decretados serviços mínimos. É a primeira vez em 16 anos de existência que a rede vai parar devido a uma greve.
Recomendadas

Alemanha reitera apoio a gasoduto nos Pirinéus e diz que França não excluiu projeto

O chanceler alemão destacou que este projeto tem uma perspetiva de longo prazo e que, para além do transporte de gás no imediato, servirá para fornecer outras energias, como hidrogénio, no futuro.

“Nova atitude da TAP perante os gastos terá de abranger também os pilotos”, desafia SPAC

Sindicato dos Pilotos diz que “enquanto uns têm cortes brutais no seus vencimentos” e ainda há “processos de despedimento em curso”, renova-se o parque automóvel dos cargos de direção “com 79 viaturas”.

TAP diz que renovação da frota automóvel permite poupar anualmente 630 mil euros

A TAP diz que a opção de comprar 50 BMWs representa uma poupança superior a 20% do valor mensal da renda e tributação, relativamente a novos contratos de renting e está em linha com o plano de reestruturação.
Comentários