Grupo Air France-KLM com lucro de 324 milhões no segundo trimestre, o melhor resultado desde 2019

O grupo franco-neerlandês apresentou um resultado líquido de 324 milhões de euros entre abril e junho deste ano.

O grupo Air France-KLM teve resultados positivos na ordem dos 386 milhões de euros, com um lucro de 324 milhões, em termos líquidos, no segundo trimestre do ano. Este é o primeiro resultado positivo desde o verão de 2019 e representa uma melhoria de 1,8 mil milhões de euros comparativamente com o período homólogo, em que registou um prejuízo de 2.137 milhões, informou o grupo esta sexta-feira.

O primeiro trimestre foi de prejuízo, pelo que os números da primeira metade do ano fixaram-se nos 228 milhões de euros em perdas, enquanto no primeiro semestre do ano passado (ainda em período de pandemia) os prejuízos quase atingiram os 3 mil milhões de euros.

Para a melhoria verificada no segundo trimestre, foi essencial o fluxo positivo em 1,5 mil milhões de euros, depois de ter sido de apenas 200 milhões de euros no mesmo período do ano que passou. Para isto, muito contribuiu um EBITDA positivo e o volume de vendas. Entretanto, foram atingidos 2,8 mil milhões de euros em medidas de equidade, anunciadas em fevereiro, sendo o objetivo chegar aos 4 mil milhões.

Pelo caminho, o grupo franco-neerlandês resgatou 1,6 mil milhões dos títulos perpétuos, ao passo que a KLM pagou na totalidade o empréstimo do Estado holandês, avaliado em 942 milhões de euros.

A capacidade está quase a níveis pré-pandemia, com a taxa de ocupação a situar-se nos 82% ainda que persistam “dificuldades estruturais na Europa e nos Estados Unidos”, como é o caso da falta de mão-de-obra nos aeroportos.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Banco suíço UBS investe em unicórnio de inteligência artificial

O financiamento à norte-americana BigPanda ocorreu através da unidade de inovação e empreendedorismo UBS Next, que tem 200 milhões para startups tecnológicas e fintechs.

Passageiros nos aeroportos mais que quadruplicam no 2.º trimestre para 14,5 milhõe

O número de passageiros nos aeroportos nacionais mais do que quadruplicou no segundo trimestre deste ano, crescendo 329,3% em relação ao período homólogo, para 14,5 milhões, indicou a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil.
Comentários