Grupo parlamentar do CDS-PP diz que Orçamento Regional está prisioneiro de uma dívida gigantesca

O partido realça que as parcerias público privadas são ruinosas e vão custar 100 milhões de euros aos contribuintes da Madeira.

O grupo parlamentar do CDS-PP esteve esta quinta-feira reunido com a Ordem dos Economistas da Madeira onde afirmou que o Orçamento Regional é prisioneiro de uma dívida gigantesca e de parcerias público privadas ruinosas.

O deputado do CDS-PP, na Assembleia Regional, José Manuel Rodrigues, refere que os encargos do serviço da dívida contidos no Orçamento Regional estão na ordem dos 600 milhões de euros.

José Manuel Rodrigues diz que as parcerias público privadas “vão levar 100 milhões de euros dos contribuintes da Madeira” e alerta que é necessário negociar com o estado os modelos de financiamento da autonomia “nas áreas da educação e saúde” que no seu entender estão esgotados.

“Há uma opção política de voltar a fazer grandes obras e investimentos públicos que não nos parece ser o melhor caminho porque esse foi o caminho que nos conduziu ao endividamento e ao plano de ajustamento financeiro”, destaca.

Recomendadas

Açores: Tribunal de Contas acolhe primeiro Encontro de Jovens Auditores da CPLP

“O Auditor do Futuro” é o tema deste primeiro Encontro, organizado pela Secção Regional dos Açores, que traz a Ponta Delgada quase meia centena de jovens auditores com idades até aos 35 anos.

BE alerta para aumento dos “fenómenos de exclusão e pobreza” na Madeira

A coordenadora do Bloco de Esquerda considerou que a região autónoma “está atrasada” no apoio à população sem-abrigo, nomeadamente ao nível das respostas previstas na estratégia nacional, como o projeto “casa primeiro”.

Madeira: Proteção Civil reforça atividade física nos Corpos de Bombeiros

A iniciativa do Serviço Regional de Proteção Civil começou no ano de 2018 em parceria com a Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, sendo a mesma reforçada em 2022, com a colaboração de dois preparadores físicos.
Comentários