Há 53.640 vagas para estudar no ensino superior. Concurso arranca esta segunda-feira

Mais vagas nas áreas digitais, 22 novos cursos apoiados pelo Plano de Recuperação e Resiliência e mais 153 vagas nos ciclos de estudo com maior concentração de melhores são algumas das novidades desta edição do concurso nacional de acesso.

Arrancam esta segunda-feira, 25 de julho, as candidaturas ao ensino superior, num total de 54361 vagas, das quais 53.640 vagas destinadas ao concurso nacional e 721 vagas destinadas aos concursos locais.

Veja aqui as vagas disponíveis em todas as instituições.

Os candidatos dispõem de  mais 2,6% de vagas do que as inicialmente lançadas no ano passado, segundo a informação disponibilizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior aos jornalistas, ao primeiro minuto deste domingo, 24 de julho.

O número de vagas disponibilizadas nas instituições localizadas em regiões com menor pressão demográfica cresce 3.8% quando comparado com as vagas inicialmente fixadas ano letivo anterior, enquanto o número de vagas nas demais regiões cresce 2.5%.

De igual modo, verifica-se um reforço de 3.6% de vagas em ciclos de estudos que visam a formação em competências digitais face às vagas iniciais do ano anterior, sendo disponibilizadas 8903 vagas.

Entre as novidades a concurso estão 22 cursos novos apoiados pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), orientados para reforçar a formação superior inicial e o aumento do número de graduados em áreas STEAM (STEAM- Science, Technology, Engineering, Arts and Mathematics) e atingir as metas de graduação fixadas pelo PRR até 2026.

Os cursos novos financiados pelo PRR representam 642 vagas, sendo 365 destas disponibilizadas em Lisboa e Porto e 277 no resto do país, informa ainda a tutela.

Foram fixadas mais 153 vagas nos ciclos de estudo com maior concentração de melhores alunos. “O número de vagas em Medicina volta a crescer, sendo disponibilizadas 1534 vagas no CNA”, salienta o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que contabiliza: “Nos últimos três anos, o número total de vagas em Medicina, consideradas todas as vias de ingresso (concurso nacional de acesso, concurso para ingresso de licenciados e concurso institucional para ingresso na UCP, cresceu 5% (1782 vagas em 2019 e 1873 vagas em 2022).”

Há a registar ainda um aumento no número de vagas em licenciaturas em Educação Básica: 7%, sendo disponibilizadas mais 56 novas vagas.

O prazo de candidatura à 1.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público decorre entre 25 de julho e 8 de agosto, devendo a candidatura ser apresentada através do sistema online, no sítio da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) na Internet (http://www.dges.gov.pt). Para acesso ao sistema de candidatura, os candidatos podem utilizar a autenticação com o cartão de cidadão ou chave móvel digital.

Recomendadas

Seis universidades portuguesas entre as mil melhores do mundo. EUA no topo

A Universidade de Lisboa e Universidade do Porto surgem entre as 201.ª e 300.ª melhores do mundo.

ISG (re)lança mestrado em Gestão de Empresas já em setembro

Miguel Varela, presidente do ISG, diz ao JE que o mestrado em gestão de empresas é um curso fundamental na estratégia de oferta formativa da Escola de gestão. Curso decorre em horário pós-laboral.

Instituto Gulbenkian de Ciência tem duas bolsas de mestrado e um prémio de pós-doutoramento

Apresentação de candidaturas para o António Coutinho Science Awards decorre até 4 de outubro. Iniciativa junta Instituto Gulbenkian de Ciência, Município de Oeiras e empresa Merck.
Comentários