‘Hackers’ põem Multibanco a cuspir notas

Um grupo de piratas informáticos atacou caixas de multibanco e colocou-as a expelir notas descontroladamente. A situação ocorreu em países europeus e asiáticos.

REUTERS / Danish Siddiqui

No dia em que começam os super descontos da Black Friday, que reação teria se encontrasse uma caixa de Multibanco a vomitar notas sem aparente explicação? A verdade é que o insólito aconteceu em vários países da Europa e da Ásia.

Em causa está uma falha de segurança nas caixas, que permitiu a vários hackers invadirem o sistema informático das plataformas, conforme avançou a cadeira de rádio espanhola “Cadena Ser”. Os criminosos podem escolher os Multibancos que quiserem, em qualquer momento, programarem-nas e recolherem o dinheiro que elas expelirem.

Segundo a Group IB, os hackers terão conseguido invadir parte da rede interna de Multibanco e enviaram um pedido para que as caixas extraíssem as notas. Espanha está entre os países mais afetados por este ataque informático, mas houve igualmente registos na Arménia, Bulgária, Holanda, Polónia, Reino Unido e Rússia, de acordo com aquilo que a empresa especializada em cibersegurança adiantou.

Há suspeitas de que, para comprometer as redes em causa, os burlões terão usado ficheiros informáticos infetados, enviados por email para responsáveis dos grupos bancários. A notícia da “Cadena Ser” indica que terão sido esses ficheiros executáveis a verdadeira porta de entrada para as redes Multibanco, bem como o facto de estarem remotamente ligados aos servidores ter-lhes-á permitido apagar os registos dos roubos.

Recomendadas

Cheque-família começa a ser pago a partir de 20 de outubro, anuncia Marques Mendes

No seu espaço habitual de comentário ao domingo no Jornal da Noite da Sic, Marques Mendes assegurou que este apoio, anunciado pelo Governo a 5 de setembro, vai começar a chegar às contas bancárias das famílias a partir do dia 20 do próximo mês.

Comissão Europeia diz que Portugal é “moderadamente inovador”

O país encontra-se no grupo dos países moderadamente inovadores, passando da 19ª para a 17ª posição entre os 27 Estados-Membros, segundo os dados da Comissão Europeia tornados públicos pela ANI (Agência Nacional de Inovação).

Emirados Árabes Unidos vão fornecer à Alemanha gás liquefeito e gasóleo em 2022 e 2023

Segundo a agência noticiosa oficial dos Emirados, Wam, o acordo prevê a exportação de uma carga de gás natural liquefeito (GNL) para a Alemanha no final de 2022, seguida do fornecimento de quantidades adicionais em 2023.
Comentários