Helicóptero cai em Itália e causa sete mortos

O coronel Alfonso Cipriano, que liderou as buscas, disse que as equipas foram enviadas para o local, após o alerta de um caminhante, que disse ter visto parte do helicóptero.

As equipas de resgate italianas localizaram este sábado os corpos de sete pessoas, que morreram na sequência da queda de um helicóptero no monte Cusna, nos Apeninos Setentrionais.

Esta tarde, as autoridades já tinha encontrado os corpos de cinco das sete pessoas que estavam a bordo do helicóptero, incluindo quatro turcos e dois libaneses.

Citado pela agência Associated Press (AP), o coronel Alfonso Cipriano, que liderou as buscas, disse que as equipas foram enviadas para o local, após o alerta de um caminhante, que disse ter visto parte do helicóptero.

Com recurso a meios aéreos e terrestres, as equipas acabaram por localizar os corpos das pessoas que estavam a bordo do helicóptero, indicou Alfonso Cipriano.

De acordo com as autoridades, o local é de difícil acesso e os restos do helicóptero estavam tapados pelas árvores.

O helicóptero havia descolado na quinta-feira da cidade de Luca e dirigia-se para a área de Treviso quando o piloto perdeu o controlo nos Apeninos, provavelmente devido a uma forte tempestade, segundo as autoridades italianas.

Os cidadãos turcos trabalhavam para o grupo industrial Eczacibasi, que já confirmou a morte dos seus funcionários.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

China regista novos casos de Covid-19 e gera preocupações para a economia global

A rígida política ‘Covid zero’ do governo chinês tem levado a confinamentos que castigaram a economia global na primeira metade do ano, uma possibilidade que se volta a levantar perante a subida de casos na segunda maior economia mundial.

Revista de imprensa internacional: as notícias que estão a marcar a atualidade global

Boris Johnson debaixo de fogo por escândalo sexual no partido, quem pode substituir o primeiro-ministro britânico, a Ucrânia não consegue exportar os seus cereais são alguns dos temas em destaque nos meios internacionais.
Comentários